sicnot

Perfil

Desporto

Agência Mundial Antidopagem pondera interditar totalmente os corticoides

© Maxim Shemetov / Reuters

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) está a considerar uma proibição total do uso de corticoides, dentro e fora de competição, assumiu esta quarta-feira o seu diretor Olivier Niggli.

Com esta interdição, seria mais difícil aos atletas obterem isenções de uso terapêutico (TUE), que existem para permitir que desportistas com problemas médicos reconhecidos recorram a substâncias proibidas pelo Código Mundial Antidopagem.

"Estamos todos de acordo de que a situação atual não é satisfatória. Criámos um grupo de trabalho para estudar como isso poderia ser feito", respondeu Olivier Niggli, quando questionado sobre se a AMA seria favorável à proposta da Agência britânica antidopagem de proibir totalmente os corticoides.

Nos últimos anos, a AMA apostou em procurar um método de deteção que permitisse distinguir o modo de administração dos corticoides, uma vez que estes são autorizados sob a forma de creme.

"A realidade é que não é assim tão fácil descobrir um método que nos permita fazê-lo. Atingimos um ponto em que precisamos de abrir novamente o debate. Na minha opinião, o sistema atual não é bom", admitiu o diretor da entidade, numa conferência de imprensa em Londres.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".