sicnot

Perfil

Desporto

Agência Mundial Antidopagem pondera interditar totalmente os corticoides

© Maxim Shemetov / Reuters

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) está a considerar uma proibição total do uso de corticoides, dentro e fora de competição, assumiu esta quarta-feira o seu diretor Olivier Niggli.

Com esta interdição, seria mais difícil aos atletas obterem isenções de uso terapêutico (TUE), que existem para permitir que desportistas com problemas médicos reconhecidos recorram a substâncias proibidas pelo Código Mundial Antidopagem.

"Estamos todos de acordo de que a situação atual não é satisfatória. Criámos um grupo de trabalho para estudar como isso poderia ser feito", respondeu Olivier Niggli, quando questionado sobre se a AMA seria favorável à proposta da Agência britânica antidopagem de proibir totalmente os corticoides.

Nos últimos anos, a AMA apostou em procurar um método de deteção que permitisse distinguir o modo de administração dos corticoides, uma vez que estes são autorizados sob a forma de creme.

"A realidade é que não é assim tão fácil descobrir um método que nos permita fazê-lo. Atingimos um ponto em que precisamos de abrir novamente o debate. Na minha opinião, o sistema atual não é bom", admitiu o diretor da entidade, numa conferência de imprensa em Londres.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14