sicnot

Perfil

Desporto

Taça das Confederações "era um sonho, mas falta muita pedra para partir"

Taça das Confederações "era um sonho, mas falta muita pedra para partir"

Cristiano Ronaldo já conheceu o troféu da Taça das Confederações. Em declarações à FIFA, o internacional português admitiu o sonho de conquistar este título mundial. Mas "falta ainda muita pedra para partir".

Num dia em que a FIFA deu a conhecer ao avançado luso o troféu da prova, a 100 dias do seu início, Ronaldo mostrou-se consciente das dificuldades em conquistar aquele troféu, mas também revelou o desejo de a seleção portuguesa voltar a conquistar um torneio que nunca ganhou.

"Gostava, era um sonho, mas falta muita 'pedra para partir'", afirmou o capitão português junto ao troféu, o qual não quis pegar. "Nunca toco, nunca toco nos troféus, porque dá azar", acrescentou.

Sobre a competição, Cristiano Ronaldo diz que "o sonho tem de existir sempre", mas que tudo o resto só mesmo para a altura da competição.

"Agora é ver o que é que vai acontecer, ver como é que a equipa vai estar, a sorte também conta, depende de muitos fatores, espero que Portugal possa ter a felicidade e a sorte de poder ganhar um troféu que também nunca ganhou na história e que seria bonito", concluiu.

A Taça das Confederações, que constitui um 'balão de ensaio' para o Mundial de futebol de 2018, a ser disputado na Rússia, realiza-se naquele país entre 17 de junho e 02 de julho, e junta os vários campeões continentais, o país anfitrião e o campeão do mundo.

A seleção portuguesa, campeã europeia em título, ficou integrada no grupo A, juntamente com a anfitriã Rússia, Nova Zelândia (Oceânia) e México (CONCACAF), enquanto o grupo B é composto por Camarões (África), Chile (América do Sul), Austrália (Ásia) e Alemanha (campeã do mundo).

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38