sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa soma e segue no Masters de Indian Wells de EUA

LARRY W. SMITH

O tenista português João Sousa, 37.º do 'ranking' mundial, qualificou-se na quinta-feira para a segunda ronda do torneio de Indian Wells, Estados Unidos.

À entrada para o primeiro torneio do ano da categoria Masters 1000, a primeira a seguir aos 'Grand Slam', o número um português venceu o argentino Diego Schwartzman, 44.º da hierarquia, em três 'sets', pelos parciais de 4-6, 6-3 r 6-4, em 2H08.

"Não entrei da melhor forma. Não estava a conseguir jogar ao nível que gostaria, porque ele também estava a jogar muito bem", começou por comentar João Sousa, citado pela sua assessoria de imprensa.

Depois da má entrada, o jogador português explicou que conseguiu aumentar o seu "nível de jogo, sendo "mais fiel" às suas características."Estou muito contente por conseguir mudar o rumo do encontro a tempo.

Fui mais agressivo e acabei por ficar muito feliz com o desfecho deste encontro", concluiu.

Na segunda ronda, João Sousa defrontará o alemão Mischa Zverev, 33.º do circuito, naquele que será o segundo frente a frente entre os dois jogadores, o primeiro no circuito principal.Na única vez que João Sousa e Mischa Zverev se defrontaram, na edição de 2010 do 'challenger' de Istambul, venceu o português.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".