sicnot

Perfil

Desporto

Morreu John Surtees, antiga estrela do desporto motorizado

O antigo piloto britânico John Surtees, único a sagrar-se campeão mundial de Fórmula 1 e motociclismo, morreu aos 83 anos, após ter sido internado com problemas respiratórios, anunciou esta sexta-feira a família.

John Surtees conquistou o título mundial de Fórmula 1 de 1964, pela Ferrari, depois de ter somado sete títulos mundiais em motociclismo, quatro em 500 centímetros cúbicos (1956, 1958, 1959 e 1960) e três em 350 cc (1958, 1959 e 1960).

"É com grande tristeza que anunciamos a morte de nosso marido e pai, John Surtees. Faleceu pacificamente, com a esposa Jane e as filhas Leonora e Edwina ao seu lado", refere a família num comunicado divulgado nas redes sociais.

De acordo com a família do antigo piloto britânico, John Surtees foi internado no St. Georges Hospital, em Londres, em fevereiro, com problemas respiratórios, e, após um curto período de tratamento intensivo, morreu esta tarde.

"Ele constitui um exemplo muito real de alguém que se levava ao limite e que continuava lutando até o fim", refere ainda a nota, realçando as suas qualidades de "marido, pai, amante do desporto automóvel e um verdadeiro exemplo de desportista".

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • Um Lugar ao Sol
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".