sicnot

Perfil

Desporto

Arsenal acaba com sonho do Lincoln na Taça de Inglaterra

O Arsenal pôs este sábado fim ao sonho dos amadores do Lincoln na Taça de Inglaterra, ao golear a equipa do quinto escalão do futebol inglês por 5-0, juntando-se ao Manchester City nas meias-finais da prova.

O treinador francês Arsene Wenger, debaixo de fogo depois da eliminação na Liga dos Campeões com duas pesadas derrotas frente ao Bayern Munique, ambas por 5-1, obteve um importante 'balão de oxigénio', graças aos golos de Walcott (45+1 minutos), Giroud (53), Waterfall (58, na própria baliza), Sanchez (72) e Ramsey (75).

Apesar de não ter ainda tomado uma decisão definitiva sobre o futuro profissional, o treinador francês, que está na liderança do Arsenal há 20 anos, não escondeu a "preferência" pelo clube londrino: "Por quanto tempo? Não sei. Sempre fui leal ao clube e a minha preferência é ficar aqui".

O Lincoln, a primeira equipa amadora a atingir os quartos de final da competição em 103 anos, conseguiu resistir durante quase toda a primeira parte ao assédio dos 'gunners', mas na segunda parte desmoronou-se a muralha da equipa posicionada 87 lugares abaixo do Arsenal na hierarquia do futebol inglês.

Horas antes, o Manchester City tinha-se qualificado para as meias-finais, ao vencer por 2-0 no estádio do Middlesbrough, num jogo em que o treinador dos 'citizens' mostrou estar muito interessado em conquistar o troféu.

O espanhol Pep Guardiola apresentou em Middlesbrough o 'onze' mais forte da equipa de Manchester, apesar de estar a apenas quatro dias de defrontar o Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim, na segunda mão dos 'oitavos' da Liga dos Campeões.

O técnico espanhol recolheu os dividendos da aposta logo aos três minutos, quando o médio espanhol David Silva inaugurou o marcador, cabendo ao influente avançado argentino Sergio Aguero fechar a contagem a favor da equipa visitante, aos 67.

O Manchester City, terceiro classificado da liga inglesa, poderia ter terminado o jogo com uma vantagem mais confortável, perante o 18.º classificado do escalão principal, o primeiro abaixo da 'linha de água', que não vence há 10 jogos seguidos naquela competição.

No domingo, o Tottenham recebe o único tomba-gigantes que ainda subsiste após a eliminação do Lincoln, o Millwall, do terceiro escalão, e na segunda-feira realiza-se o jogo grande da eliminatória, entre o Chelsea e o Manchester United, treinado pelo português José Mourinho.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24