sicnot

Perfil

Desporto

Hull de Marco Silva alcança vitória preciosa na luta pela manutenção

O Hull City, treinado pelo português Marco Silva, subiu este sábado ao antepenúltimo lugar do campeonato inglês de futebol, ao vencer por 2-1 na receção ao também 'aflito' Swansea, em jogo da 28.ª jornada da prova.

O avançado senegalês Omar Baye Niasse foi o principal responsável pelo sucesso do Hull, ao marcar dos dois golos da equipa anfitriã, aos 69 e 78 minutos, antes de Mawson reduzir o peso da derrota, já em período de compensação, aos 90+1.

O Hull subiu ao 18.º lugar da competição, o primeiro abaixo da linha de despromoção, mas tem mais um jogo disputado do que as duas equipas da cauda da tabela, o Middlesbrough, 19.º, com menos dois pontos, e o 'lanterna-vermelha' Sunderland, que tem menos cinco.

O Everton bateu por 3-0 o West Bromwich, com golos de Mirallas (39 minutos), Schneiderlin (45) e Lukaku (82), consolidando o sétimo lugar, a dois pontos do Manchester United, treinado pelo português José Mourinho, que tem menos dois jogos disputados.

O Bournemouth impôs-se por 3-2 na receção ao West Ham -- pelo qual o defesa português José Fonte foi totalista -, resistindo a duas grandes penalidades falhadas durante a primeira parte, uma das quais pelo norueguês Joshua King, que passou de vilão a herói, ao obter um 'hat-trick', materializado aos 90+3 minutos.

Lusa

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28