sicnot

Perfil

Desporto

Hermes regressa aos convocados do Benfica para jogo com Belenenses

O lateral esquerdo brasileiro Hermes regressou este domingo aos convocados do Benfica para a receção ao Belenenses, na segunda-feira, da 25.ª jornada da I Liga de futebol.

O treinador dos 'encarnados', Rui Vitória, anunciou hoje, após a conferência de imprensa realizada no Estádio da Luz, uma lista de convocados com 20 jogadores para a partida com os 'azuis'.

Face aos eleitos para o jogo com o Borussia Dortmund, para a segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, saíram o guarda-redes Paulo Lopes, o defesa Pedro Pereira e o médio Filipe Augusto.

Em sentido inverso entrou apenas Hermes para o lote de convocados, continuando de fora por lesão o lateral Grimaldo e os médios Fejsa e Filipe Augusto, que voltou a constar do boletim clínico depois de ter sido opção para Dortmund.

O Benfica procura manter a liderança da I Liga, ocupada provisoriamente pelo FC Porto, que soma mais dois pontos do que os tricampeões, na receção ao Belenenses, na segunda-feira, a partir das 20:00.

O dérbi lisboeta vai ser arbitrado por Bruno Esteves, da associação de Setúbal.

Lista dos 20 convocados:

Guarda-redes: Ederson e Júlio César.
Defesas: Luisão, Lindelof, Eliseu, Jardel, Hermes, André Almeida e Nélson Semedo.
Médios: Samaris, André Horta, Carrillo, Zivkovic, Salvio, Pizzi, Cervi e Rafa.
Avançados: Raúl, Jonas e Mitroglou.

Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão