sicnot

Perfil

Desporto

Meia Maratona de Lisboa com 19 atletas olímpicos

MIGUEL A. LOPES

A 27.ª edição da meia-maratona de Lisboa - agendada para domingo - vai contar com 19 atletas olímpicos no setor masculino e com "grandes estrelas" na prova feminina, garantiu esta sexta-feira o presidente do Maratona Clube de Portugal, Carlos Móia.

"Vai ser uma grande corrida em termos de estrelas. Temos um lote excelente de atletas tanto no setor masculino como no feminino" disse, acrescentando que vão marcar presença em Lisboa "sete homens que já baixaram dos 61 minutos e oito mulheres que já correram abaixo dos 69".

Na prova feminina marcarão presença, entre outras, a queniana Vivian Cheruiyot, campeã olímpica dos 5.000 metros e vice-campeã olímpica dos 10.000, e a etíope Mare Dibaba, campeã mundial da maratona em 2015.

Ambas as atletas têm marcas abaixo dos 68 minutos, tal como a queniana Mary Wacera, vice-campeã mundial da maratona em 2014, que também marcará presença em Lisboa.

A prova de elite, que partirá de Algés, contará também com a presença da etíope Rui Aga, vencedora da última edição, e com as principais figuras do atletismo feminino português, como Sara Moreira, campeã europeia da meia-maratona, Dulce Félix, atual vice-campeã europeia dos 10.000 metros, e Jéssica Augusto, bronze na meia-maratona dos europeus do ano passado.

Na prova, marcarão também presença as estónias Leila e Lily Luik, que, em agosto, juntamente com a irmã Liina, se tornaram, no Rio de Janeiro, no Brasil, as primeiras trigémeas a participar em Jogos Olímpicos.

A prova masculina contará com sete atletas com tempos abaixo dos 61 minutos, dos quais quatro abaixo da hora, entre eles o eritreu Nguse Amloson, vencedor da última edição meia-maratona de Portugal e que tem com melhor marca pessoal 59.39 minutos.

Na lista de inscritos da meia-maratona, que atravessará a ponte 25 de Abril, figuram também os quenianos Wangari Mwangi e Simon Cheprot, ambos com marcas pessoais abaixo da hora.Portugal estará representado na prova de elite por nomes como Hermano Ferreira, José Moreira, Ricardo Ribas e Rui Teixeira.

Segundo Carlos Móia, a mini e a meia-maratona contam com 35.000 inscritos - número máximo definido pela organização -, oriundos de 64 países.

No domingo, vai disputar-se também a prova em cadeira de rodas, que contará com a presença de 32 atletas de elite, de 10 nacionalidades, considerada pelo Comité Paralímpico Internacional a mais rápida meia-maratona do mundo.

Lusa

  • "O primeiro-ministro resolveu destrunfar pondo-se aos gritos contra a Altice"
    1:19

    País

    António Lobo Xavier considera que o primeiro-ministro fez declarações públicas de julgamento e interferência no mercado quando falou sobre a Altice. Para o comentador da Quadratura do Círculo, António Costa receou que o processo fosse parecido à alegada tentativa de instrumentalização da TVI por José Sócrates.

  • Hoje, o Primeiro Jornal esteve em Leiria
    1:13
  • Nova tecnologia provoca a queda de drones
    1:39

    País

    Um dia depois da divulgação das medidas de identificação e da obrigatoriedade de seguro para os drones, sabe-se agora que vem aí uma tecnologia para a deteção de drones e respetivos operadores, com capacidade para neutralizar os aparelhos. O início dos testes está previsto para o final do mês, na altura em que a nova legislação será publicada. 

  • "Estamos a perder tempo adiando a descentralização"
    1:29
  • Fãs choram morte de Chester Bennington
    2:12
  • Bigode de Salvador Dalí está intacto, às "10 para as 10"

    Cultura

    O corpo do pintor surrealista catalão foi ontem exumado no Teatro-Museo de Figueres, por ordem de um tribunal de Madrid, para um exame de determinação de paternidade de Pilar Abel, que alega ser filha do artista. O pintor que morreu há 28 anos foi embalsamado e mumificado pelo que o corpo continua preservado e o famoso bigode levantado.

  • Alunos de medicina fazem rastreios porta-a-porta em Belmonte
    2:18

    País

    Cerca de 60 estudantes de vários pontos do país estão em Belmonte, onde vão realizar várias atividades ligadas à saúde durante quatro dias. A SIC acompanhou esta sexta-feira o trabalho na aldeia de Colmeal da Torre. Os alunos fazem rastreios à glicemia, medição da tensão arterial e avaliação da percentagem de gordura corporal; e o objetivo é sensibilizar a população para a importância de hábitos e estilos de vida saudáveis.