sicnot

Perfil

Desporto

Roma bate Sassuolo e segura segundo lugar da liga italiana

CLAUDIO PERI

A Roma manteve-se este domingo na segunda posição do campeonato italiano de futebol, que dá acesso direto à fase de grupos da Liga dos Campeões, depois de vencer o Sassuolo por 3-1, no jogo que encerrou a 29.ª jornada.

Depois de estar a perder com um golo marcado por Gregoire Defrel, aos 9 minutos, a Roma chegou ao intervalo a vencer, com tentos de Leandro Paredes (16) e Mohamed Salah (45+2). Edin Dzeko, aos 68 minutos, fixou o resultado final.

A Roma tem agora 65 pontos, menos oito do que a líder Juventus, que hoje cumpriu 'serviços mínimos' na deslocação a Génova, onde venceu a Sampdoria, com um golo solitário de Cuadrado (07). Na 'Samp', o médio português Bruno Fernandes entrou de início, mas acabou por ser substituído aos 53 minutos

No jogo matinal, o Nápoles ganhou no terreno do Empoli, por 3-2, e fechou a jornada no terceiro lugar, mantendo dois pontos de atraso para a Roma. No entanto, consolidou a posição aproveitando os empates da Lazio (4.º), este domingo com o Cagliari, e do Inter (5.º), no sábado com o Torino.

Noutro jogo da 29.ª jornada, a Udinese goleou em casa o Palermo por 4-1, depois de ter estado a perder até quase ao final da primeira parte -- golo de Roland Sallai, aos 12 minutos.

Antes do final da primeira parte, Cyril Théréau empatou para a equipa da casa aos 42 minutos, com Duván Zapata a colocar a Udinese em vantagem, aos 60 minutos. Rodrigo de Paul, aos 68 minutos, e o checo Jakub Jankto, aos 80 minutos, consumaram a reviravolta.

A Udinese está em 12.°, com 36 pontos, enquanto o Palermo está abaixo da 'linha de água', em 18.°, com 15 pontos.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35