sicnot

Perfil

Desporto

Atleta olímpico Germaine Mason morre em acidente de mota

Carlos Barria

O ex-atleta britânico Germaine Mason, medalha de prata no salto em altura nos Jogos Olímpicos Pequim2008, morreu esta quinta-feira na Jamaica, o seu país de nascimento, vítima de um acidente de mota, confirmou a federação britânica.

De acordo com a comunicação social jamaicana, Mason, de 34 anos, perdeu o controlo do veículo e morreu em consequência do acidente, tendo comparecido no local várias personalidades desportivas locais, entre as quais o velocista Usain Bolt, tricampeão olímpico e recordista mundial dos 100 e 200 metros.

"Todas as pessoas que trabalharam com Germaine estão, naturalmente, consternadas com esta notícia trágica. Enviamos as nossas condolências à família e aos amigos de Germaine, bem como à comunidade do atletismo, nesta hora difícil", disse o diretor executivo da federação britânica, Niels de Vos.

Mason é o detentor do recorde jamaicano do salto em altura, alcançado antes de adquirir a nacionalidade britânica, em 2006, tendo como ponto alto da carreira a conquista da medalha de prata em Pequim2008, igualando o máximo pessoal de 2,34 metros.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Santana Lopes rejeita responsabilidades nas falhas do SIRESP
    1:21

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Sobre o relatório do SIRESP, António Vitorino diz que há neste momento um passa culpas entre entidades que só vai contribuir para aumentar o receio das populações perante os incêndios. Pedro Santana Lopes, que era primeiro-ministro quando foi assinado o contrato da rede de comunicações, diz que não sente responsabilidades e defende que o importante é perceber o que há de errado com o SIRESP.

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29