sicnot

Perfil

Desporto

Quatro "bês" no treino do FC Porto ainda sem o lesionado Danilo

JOSE COELHO

O FC Porto prosseguiu esta quarta-feira a preparação do jogo de sábado com o Marítimo, no Funchal, da 32.ª jornada da I Liga de futebol, com um treino com quatro 'bês' e ainda sem o lesionado Danilo.

De acordo com a nota publicada no sítio dos dragões, o médio Danilo, suturado com nove pontos no joelho esquerdo, após o jogo com o Feirense (0-0), que o levou a falhar a deslocação a Chaves (0-2), fez tratamento e trabalho de ginásio.

Com o médio Danilo a ser o único a constar do boletim clínico dos portistas, o treinador Nuno Espirito Santo chamou os 'bês' Mouhamed Mbaye, Fernando Fonseca, Inácio e Diogo Verdasca a integrar os trabalhos do plantel principal.

A preparação para o jogo nos Barreiros continua na quinta-feira, no Olival, com uma sessão à porta fechada, que terá início pelas 10:00. Pelas 12:30, Nuno Espírito Santo fará a habitual conferência de imprensa de antevisão da partida.

A três jornadas do termo do campeonato da I Liga, e ainda com nove pontos em disputa, o FC Porto segue na segunda posição, a três pontos do líder Benfica (com vantagem para os portistas no 'goal-average'), enquanto o Marítimo é sexto, a 25 pontos.

Lusa

  • "Vamos continuar na luta até ao fim"
    1:09

    Desporto

    Nuno Espírito Santo reafirma que os dragões continuam a acreditar na conquista do título e promete que não vão desistir de lutar. O treinador do Desportivo de Chaves, Ricardo Soares, admite que o FC Porto mereceu vencer.

  • Campanha eleitoral em Angola chega hoje ao fim

    Mundo

    Os candidatos às eleições gerais angolanas de quarta-feira terminam hoje um mês de campanha, com milhares de quilómetros percorridos, uma breve aparição de José Eduardo dos Santos e as possíveis coligações em destaque.

  • China prepara-se para inaugurar comboio mais rápido do mundo
    1:08
  • A insólita entrevista de Jerry Lewis que se tornou viral
    2:39

    Cultura

    Jerry Lewis concedeu no início deste ano uma entrevista insólita que se tornou viral nas redes sociais. O comediante decidiu, pura e simplesmente, não colaborar com o entrevistado. Lewis tinha na altura 90 anos e continuava a trabalhar, tendo participado no filme "Max Rose", em 2016.