sicnot

Perfil

Desporto

Pablo Carreño Busta elimina o campeão em título Nicolas Almagro

USA Today Sports

Pablo Carreño Busta ajustou contas esta sexta-feira com o compatriota espanhol Nicolas Almagro, eliminando o campeão em título, em dois 'sets', para se tornar no primeiro semifinalista do Estoril Open em ténis.

A reedição da final de 2016 teve uma direção única, com o primeiro cabeça de série a impor-se com os parciais de 6-2 e 6-4, em apenas 70 minutos.

Há um ano, Almagro e Carreño Busta digladiaram-se no 'court' durante duas horas e 47 minutos, naquela que foi a primeira final 100 por cento espanhola no torneio português desde 2001, com o primeiro a sobreviver à sua inconstância para vencer por 6-7 (6-8), 7-6 (7-5) e 6-3.

Hoje, quando entraram para o Estádio Millennium, para disputar o primeiro encontro dos quartos de final, atrasado em 01:20 horas pela chuva, o passado e o presente do ténis espanhol 'carregavam aos ombros' a expectativa de um novo espetáculo memorável.

Mas cedo se percebeu que, num ano, tudo muda, com Carreño Busta, que desde a final perdida no Clube do Ténis do Estoril já conquistou dos títulos (Moscovo e Winston-Salem, em 2016) e que este ano já disputou três meias-finais, incluindo no Masters 1.000 de Indian Wells, e um final, no Rio de Janeiro, a entrar demolidor.

O 21.º jogador do 'ranking' ATP conseguiu um 'break' no terceiro jogo e outro no quinto, navegando no primeiro 'set', para fazer o 6-2, em apenas 24 minutos.

Quebrado logo na entrada do segundo parcial, o campeão em título pareceu próximo de dizer adeus ao seu estatuto, mas acabou por conseguir devolver o 'break' no sexto jogo, nivelando para 3-3 e aumentando a emoção de um encontro sacudido por várias rajadas de vento, que criaram nuvens de pó de tijolo.

Almagro, 86.º tenista mundial, voltou a pagar cara a sua inconstância, permitindo um novo 'break' no nono jogo, que Carreño Busta agarrou para se tornar no primeiro semifinalista da terceira edição do Millennium Estoril Open.

Nas 'meias', o primeiro cabeça de série vai defrontar o vencedor do embate entre o também espanhol David Ferrer, o quarto pré-designado, e o norte-americano Ryan Harrison.

Lusa

  • PS vai continuar a procurar entendimentos à esquerda
    1:38
  • 22 mortos devido a gripe H1N1 no Equador

    Mundo

    Uma epidemia de gripe H1N1 provocou a morte de 22 pessoas no Equador, onde estão diagnosticados perto de 500 casos, anunciou esta segunda-feira o vice-ministro da Saúde, Carlos Duran.

  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.

  • Os três pontos de Ronaldo
    1:16
  • Decifrado pergaminho encontrado há 50 anos

    Mundo

    Investigadores israelitas reconstituíram e decifraram um dos dois manuscritos de pergaminhos do Mar Morto que nunca tinham sido interpretados desde que foram descobertos há meio século, anunciou a universidade israelita de Haifa.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC