sicnot

Perfil

Desporto

Nuno Espírito Santo garante que não pensa no seu futuro no FC Porto

JOS\303\211 COELHO

O treinador do FC Porto, Nuno Espírito Santo, assegurou esta sexta-feira que não pensa no seu futuro, realçando a importância de os 'dragões' vencerem os dois últimos jogos da I Liga de futebol.

Apesar de ter mais uma época de contrato, o técnico dos 'azuis e brancos' escusou-se a comentar o assunto, garantindo apenas que a sua prioridade é evitar que entre "ruído" no balneário portista.

"Não penso em mim, o meu futuro não é importante. Penso apenas em domingo e que a equipa chegue ao jogo com o Paços de Ferreira com a determinação de conquistar os três pontos", reforçou o treinador, em conferência de antevisão do último jogo da época no Estádio do Dragão.

Nuno Espírito Santo referiu ainda a importância de manter todo o grupo dentro de "uma cápsula", alheio a outras questões que não tenham a ver com o trabalho diário de preparação para os jogos.

"O que sinto e sei é que fomos capazes durante muito tempo de perceber, e pessoalmente assim o transmiti, que o fundamental é o nosso trabalho no dia-a-dia. Fomos capazes de nos fecharmos numa cápsula e não permitir que ruído entre. Foi o que fizemos e faremos sempre. O que se passa no exterior não é determinante. Fundamental é estar na cápsula, reconhecer os erros que cometemos e sair deles reforçados. Não penso em mais nada do que em domingo", insistiu ainda.

O FC Porto pode entrar em campo neste domingo, na receção ao Paços de Ferreira, com título nacional já entregue ao Benfica, caso os 'encarnados' ao V. Guimarães, na véspera.

Ainda assim, Nuno Espírito Santo prometeu exigir à sua equipa uma postura capaz de orgulhar os adeptos.

"Estamos a duas jornadas de acabar campeonato. Será o último jogo no Dragão, à frente dos nossos adeptos. Será um jogo marcado pelo anterior. Poderemos saber nesse momento o que se passa no campeonato.

O jogo anterior, do Benfica, pode condicionar muito as coisas, mas o nosso foco está no jogo", afirmou.O técnico assumiu-se consciente das dificuldades da sua equipa, que segue no segundo lugar, a cinco pontos do Benfica, reiterando que "ainda está tudo em aberto".

"Neste momento, enquanto conversamos aqui, tudo está em aberto. Estamos conscientes de que é difícil. Mas, sempre que joga, o FC Porto tem a máxima responsabilidade.

A camisola do FC Porto significa muito e significa muito para os jogadores", acrescentou.Nuno Espírito Santo reforçou a obrigatoriedade de vencer no domingo, antevendo a próxima época.

"Este jogo em casa pode significar que para o ano não teremos de jogar nenhum 'play-off' da Liga dos Campeões. É um jogo que significa bastante para os jogadores, que passaram uma semana difícil. Mas sofremos juntos e levantámo-nos juntos", referiu.

Apesar de tudo, Nuno Espírito Santo assumiu as responsabilidades pelo o facto de o FC Porto estar numa posição complicada para a conquista do título.

"Houve momentos de erros difíceis de explicar, de erros nossos. Temos tempo, de forma conjunta, de encontrar o porquê e saber que o nosso trabalho foi válido. A melhoria individual foi fundamental para o crescimento da equipa, fizemos coisas boas. Podemos ser acusados de não ter feito as coisas tão bem como o desejado, mas nunca viramos a cara à luta. No domingo espero uma equipa vencedora, capaz de jogar o futebol que tão bem joga. O nosso trabalho foi bom durante o ano", finalizou.

O FC Porto recebe o Paços de Ferreira, 11.º classificado com 35 pontos, no domingo, a partir das 18:00, num encontro que vai ser arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Lusa

  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04

    País

    Especialistas de mais de 20 países na área das doenças neurodegenerativas estão reunidos esta semana na Fundação Champalimaud, em Lisboa. A cimeira, realizada em parceria com a Fundação Rainha Sofia, de Espanha, é dedicada aos progressos na investigação e nos cuidados de saúde em doenças como o Alzheimer. As demências efetam 50 milhões de pessoas em todo o mundo, número que deverá triplicar em 2050.

  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31