sicnot

Perfil

Desporto

Hamilton conquista pole position para o GP de Espanha de Fórmula 1

© Albert Gea / Reuters

O piloto britânico Lewis Hamilton conquistou este sábado a 'pole position' para o Grande Prémio de Espanha, quinta prova do Mundial de Fórmula 1 (F1), restaurando a supremacia da Mercedes nas sessões de qualificação do campeonato.

Hamilton cumpriu a melhor volta ao circuito de Barcelona-Catalunha em 1.19,149 minutos (média de 211,727 km/h), batendo por 51 milésimos o alemão Sebastian Vettel (Ferrari) e por 224 o finlandês Valtteri Bottas, colega na Mercedes, segundo e terceiros mais rápidos, respetivamente.

O tricampeão mundial de F1 (2008, 2014 e 2015) proporcionou à Mercedes a 19.ª 'pole' para as últimas 20 corridas, tendo falhado apenas há duas semanas, quando Vettel e o finlandês Kimi Raikkonen obtiveram para a Ferrari um raro domínio da primeira linha da grelha de partida, na Rússia.

Hamilton conquistou a 64.ª 'pole position' da carreira, a terceira - em cinco corridas - neste ano, colocando-se em boa posição para se aproximar de Vettel, líder do campeonato, com 13 pontos de vantagem sobre o britânico.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57