sicnot

Perfil

Desporto

José Couceiro quer vencer Boavista na despedida de Meyong do Bonfim

Após cinco jogos sem ganhar, o treinador do Vitória de Setúbal quer que a sua equipa reencontre segunda-feira os triunfos na receção ao Boavista, a contar para a 33.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

José Couceiro afirma que a partida ganha maior significado por assinalar a despedida do avançado Meyong - jogador que anunciou sexta-feira o final da carreira aos 36 anos - nos jogos no Estádio do Bonfim.

"Não estamos a passar um bom momento em termos de resultados, por isso torna-se mais importante ganhar. O jogo ganha outra importância por a maior referência do plantel do Vitória, Meyong, por decisão dele, encerrar a sua carreira", disse o técnico em conferência de imprensa.

Em reconhecimento pelo papel desempenhado pelo atacante camaronês ao longo da época, José Couceiro revelou que o jogador vai ser titular.

"O Meyong vai jogar de início com o Boavista. É um elemento muito importante para o Vitória. É verdade que não foi muito utilizado [11 jogos em 32 jornadas no campeonato] , mas as equipas não se fazem só com os que estão lá dentro", sublinhou.

Apesar de o objetivo da época estar cumprido há muito tempo, o treinador do conjunto setubalense frisa que há ainda trabalho a fazer."Temos um jogo importante com o Boavista, tal como o último [Nacional] também será.

Olhamos para os lugares à frente e não podemos ter uma atitude passiva.

Queremos fazer um bom jogo e ganhá-lo", referiu.À exceção do defesa Gonçalo Duarte, a recuperar de amigdalite, José Couceiro tem todo o plantel à disposição.

O Vitória de Setúbal, 13.º lugar, com 35 pontos, vai defrontar o Boavista, nono, com 39, no Estádio do Bonfim, a partir das 20:00 de segunda-feira, num jogo que terá arbitragem de Manuel Mota, da associação de Braga.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57