sicnot

Perfil

Desporto

Nadal na final de Madrid depois de derrotar Djokovic pela primeira vez em três anos

Susana Vera

O tenista espanhol Rafael Nadal derrotou este sábado o sérvio Novak Djokovic, pela primeira vez em quase três anos, pelos parciais de 6-2 e 6-4, para avançar para a final do Masters 1000 de Madrid.

O quinto tenista mundial nivelou o frente a frente com Djokovic, impondo-se sem grandes dificuldades, em uma hora e 39 minutos.

A última vitória da Nadal sobre o número dois do 'ranking' ATP remontava à final da edição de 2014 de Roland Garros. Desde então, o maiorquino, que tem 24 triunfos em 50 encontros entre ambos, encaixou sete derrotas consecutivas, sem qualquer 'set' vencido.

Na final, 'Rafa', que já conquistou o Masters 1000 de Madrid em quatro ocasiões (2005, 2010, 2013 e 2014) e que somou a 14.ª vitória consecutiva em terra batida, vai defrontar o vencedor do embate entre o austríaco Dominic Thiem e o uruguaio Pablo Cuevas.

Já Djokovic, que esta semana despediu toda a sua equipa técnica, continua sem conseguir atingir uma final desde que ganhou o primeiro torneio da temporada, em Doha.

Lusa

  • Bernardo Silva no City? O que Pep Guardiola disse ao português na Champions
    0:34
  • A promessa e a peregrinação do Presidente no Luxemburgo
    2:28
  • "O Brasil não parou e não vai parar"
    1:33

    Mundo

    O Presidente do Brasil diz ter condições para continuar à frente do Palácio do Planalto. Num vídeo publicado no Twitter, Michel Temer garante que o país não parou, nem vai parar, mas há uma nova gravação que pode comprometer o futuro do chefe de Estado.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57