sicnot

Perfil

Desporto

Neymar sem pressa para ganhar a Bola de Ouro

Reuters Staff

O futebolista internacional brasileiro Neymar, do FC Barcelona, disse esta terça-feira que não tem pressa em ganhar a Bola de Ouro, considerando o argentino Lionel Messi o melhor jogador do mundo.

Em entrevista à revista francesa France Football, o brasileiro, de 25 anos, disse que espera alcançar o "sonho" de ser considerado o melhor futebolista do mundo, mas que não joga "obcecado com essa meta".

"Claro que sonho ser o melhor, mas as pessoas falam disso como se não o conseguisse estando aqui. Penso que posso chegar lá, mas com calma e tranquilidade. Não tenho pressa", afirmou o extremo, que joga nos catalães desde 2013.

Neymar, colega de equipa de André Gomes, deixou ainda elogios para o líder dos catalães Lionel Messi, que considera "o melhor de todos", explicando que se sente bem no papel que tem dentro da equipa.

"O que eu quero é jogar com os melhores do mundo", atirou, dizendo ainda que para que a temporada do Barcelona, segundo classificado da liga espanhola, seja "um verdadeiro êxito, tem de ganhar o campeonato e a Taça do Rei", cuja final disputam com o Alavés, em 27 de maio.

O capitão da seleção brasileira elogiou ainda o bom momento do 'escrete', que "melhorou" com a chegada do selecionador Tite e que tem "evoluído coletivamente", graças a uma nova "forma de jogar" e a uma "linha de conduta" que oferece confiança.

Lusa

  • Os momentos que marcaram o 7.º dia de Mundial
    1:08
  • "Ronaldos nascem na Rússia como cogumelos"
    1:49
  • Os momentos descontraídos dos jogadores
    1:54
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49