sicnot

Perfil

Desporto

Fernando Gomes felicita Leonardo Jardim, João Moutinho e Bernardo Silva

SEBASTIEN NOGIER

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, felicitou esta quarta-feira o treinador Leonardo Jardim, a sua equipa técnica e os futebolistas portugueses João Moutinho e Bernardo Silva pela "brilhante conquista do título de campeão de França".

"Ao longo de toda a época, o futebol empolgante do Mónaco valeu-lhe a presença nas meias-finais da Liga dos Campeões e, agora, a vitória da mais importante competição francesa. Será justo dizer que sem a competência da equipa técnica liderada por Leonardo Jardim e sem o talento demonstrado pelos nossos jogadores, essa conquista seria muito mais improvável", escreveu Fernando Gomes numa mensagem publicada no sítio da FPF.

A concluir, o presidente da FPF exalta "toda a classe demonstrada" por Leonardo Jardim, João Moutinho e Bernardo Silva, classe essa que "honra o Mónaco, mas também todos os treinadores portugueses, os jogadores e o futebol nacional".

O Mónaco garantiu esta quarta-feira a conquista do título francês, ao vencer na receção ao Saint-Etienne por 2-0, em jogo em atraso da 31.ª jornada da liga francesa. A equipa lidera o campeonato com 92 pontos, mais seis do que o Paris Saint-Germain, quando falta uma jornada para terminar a competição.

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC