sicnot

Perfil

Desporto

Salvio regressa à seleção argentina quatro anos e meio depois

Instagram Eduardo Salvio

O extremo benfiquista Salvio regressou, quatro anos e meio depois, aos convocados da seleção argentina, esta sexta-feira divulgada pela Federação de Futebol da Argentina para os particulares de 09 e 13 de junho, frente a Brasil e Singapura.

Esta convocatória surge quando a Federação ainda não anunciou oficialmente o substituto do treinador Edgardo Baúza, enquanto espera concluir a contratação do atual treinador do Sevilha, o chileno Jorge Sampaoli.

O presidente da Federação, Claudio Tapia, e o vice-presidente Daniel Angelici, viajarão na próxima semana para Sevilha para oficializar a contratação de Sampaoli, cujo primeiro desafio é colocar a Argentina no caminho do apuramento para a fase final do Mundial2018, na Rússia, no âmbito da fase de qualificação da zona sul-americana.

Na lista de 20 convocados surge o nome de Salvio, cuja última convocatória remonta a 14 de novembro de 2012, mas dela não constam os nomes de Sergio Agüero, Pablo Zabaleta, Ezequiel Lavezzi e Carlos Tevez.

O primeiro jogo de uma série de particulares já agendados, que marcará a estreia de Sampaoli, disputar-se-á a 09 de junho em Melbourne, na Austrália, perante o grande rival Brasil, quatro dias antes de visitar Singapura.

O primeiro compromisso do novo selecionador nas eliminatórias sul-americanas será a 31 de agosto, em Montevideu, frente ao Uruguai, em jogo da 15.ª jornada.

A Argentina é o quinto classificado das eliminatórias com 22 pontos, atrás do Brasil com 33 pontos, Colômbia com 24 e Uruguai e Chile com 23, estando à frente do Equador com 20 pontos e do Perú e do Paraguai com 18.

A quatro jornadas do final das eliminatórias, a Argentina ocupa o lugar que dá acesso ao jogo de repescagem frente a uma seleção representante da Oceania.

Boa notícia para a seleção das Pampas é o facto de poder contar com Lionel Messi, depois de a FIFA lhe ter retirado o castigo de quatro jogos que lhe tinha sido aplicado por, alegadamente, ter insultado um árbitro.

Lusa

  • Nunca mais
    9:16