sicnot

Perfil

Desporto

Selecionador faz apelo emocionado pela paz na Venezuela

O treinador da seleçãode sub-20 da Venezuela, que alcançou um inédito apuramento para a final do Mundial de futebol da categoria, deixou, no final do encontro, um apelo emocionado ao regime de Nicolás Maduro para que cessem os confrontos no país.

No final do encontro, em que os venezuelanos bateram o Uruguai no desempate por penáltis, Rafael Dudamel celebrou o feito de joelhos e em lágrimas, em pleno relvado do Daejeon World Cup Stadium, na Coreia do Sul.

JEON HEON-KYUN

JEON HEON-KYUN

JEON HEON-KYUN

Depois, perante as câmaras televisivas, o selecionador deixou um apelo emocionado ao Governo venezuelano:

"Por favor, parem as armas. Hoje a alegria foi-nos dada por um jovem de 17 anos e ontem morreu outro, também de 17 anos. Presidente, paremos já as armas. Porque esses jovens que saem à rua só querem uma Venezuela melhor. A Venezuela que ria, sorria e desfrutava da vida.", disse, sem tirar os olhos da câmara.

Nos conflitos, que duram há pouco mais de dois meses na Venezuela, já morreram mais de 80 pessoas.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06