sicnot

Perfil

Desporto

Patrícia Mamona conquista 10º título nacional consecutivo no triplo salto

A vice-campeã europeia do triplo salto, Patrícia Mamona, conquistou este domingo, pela 10.ª vez consecutiva, o título nacional, ao saltar 14,40 metros, em prova disputada com muito vento, em Vagos.

"É sempre um objetivo meu vencer o campeonato desde que ganhei o primeiro, há 10 anos. Tem sido uma boa experiência e preparação, abri a minha época há pouco tempo, com a melhor abertura de sempre, o que acho que é um bom indicador para os mundiais", disse a atleta do Sporting, explicando ainda que a marca conseguida não tem muito valor devido ao vento, que chegou a soprar mais de cinco metros por segundo.

A tripla-saltadora teve de disputar a prova a um ritmo mais baixo devido ao vento que se fazia sentir, mas sublinhou a experiência ganha ao gerir situações deste género antes dos Mundiais.

"Tive que ir muito mais devagar que o normal, porque os 'timings' a que estava habituada a correr em 'full speed', com o vento tornaram-se muito mais rápidos e não estava preparada. Tive de me adaptar, foi um salto muito controlado. É difícil equilibrar quando o vento bate por trás, porque não te empurra só para a frente, como também te tira o equilíbrio e os 'timings' do salto. Não me pude libertar, porque quando me liberto vou mais rápido e salto mais à vontade. Aqui foi mais controlado", disse aos jornalistas a atleta de 28 anos.

Susana Costa acabou em segundo lugar com a marca de 13,91 metros, enquanto Evelise Veiga fechou o pódio com 13,39.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.