sicnot

Perfil

Desporto

“Às vezes a melhor resposta é ficar calado”

Assim escreve Cristiano Ronaldo, com uma foto no Instagram. Será a reação do internacional português ao caso de alegada fuga ao fisco em Espanha.

Instagram

Cristiano Ronaldo publicou hoje uma foto sua na rede social Instagram e com a legenda em inglês: "às vezes a melhor resposta é estar calado".

Já ontem, ainda em Lisboa, o capitão da seleção tinha afirmado estar de "consciência tranquila".

O internacional português está a ser investigado por fraude fiscal, no valor de 14,7 milhões de euros, relativos a contratos de direitos de imagem. A Gestifute nega todas as acusações e contestou a queixa da Autoridade Tributária Espanhola.

  • Caso de Ronaldo é "diferente" porque rendimentos foram apresentados
    2:42

    Desporto

    O empresário Jorge Mendes foi constituído arguido no caso da alegada fuga fiscal de Falcão. O processo está a ser investigado pelo mesmo tribunal que vai analisar a denúncia do fisco contra Cristiano Ronaldo, que à partida para a Rússia disse estar de consciência tranquila. Contudo, os fiscalistas dizem que o caso de Ronaldo é diferente porque os rendimentos foram apresentados.

  • "Estou de consciência tranquila"
    0:07

    Desporto

    Cristiano Ronaldo diz estar de consciência tranquila em relação à acusação de fuga ao Fisco, em Espanha. O internacional português reagiu à polémica esta quarta-feira à tarde no aeroporto de partida para a Rússia, onde a seleção vai jogar a Taça das Confederações.

  • Gestifute rejeita a existência de "qualquer tipo de esquema fiscal"
    2:20

    Desporto

    Cristiano Ronaldo nega todas as acusações de fuga ao fisco, tendo a empresa responsável por gerir a sua carreira contestado a queixa da Autoridade Tributária Espanhola. O internacional português está acusado de fraude fiscal, no valor de 14,7 milhões de euros, relativos a contratos de direitos de imagem.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08