sicnot

Perfil

Desporto

Hamilton e Vettel consideram que incidente no Azerbaijão está "resolvido"

Lewis Hamilton

© Bernadett Szabo / Reuters

O piloto alemão Sebastian Vettel (Ferrari), líder do Mundial de Fórmula 1, e o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) consideram esta quinta-feira que o incidente ocorrido durante a corrida do Grande Prémio do Azerbaijão está ultrapassado.

"O problema está resolvido", sintetizou Hamilton, em Spielberg, onde no domingo se vai disputar o Grande Prémio da Áustria, deixando, no entanto, uma advertência: "Não creio que a dinâmica entre Sebastian e eu vá mudar".

Há duas semanas, durante a entrada do "safety car" na pista, Hamilton, que liderava a corrida, travou bruscamente e Vettel foi incapaz de evitar o embate na traseira do Mercedes.

Visivelmente insatisfeito, o alemão acelerou, colocou-se ao lado do monolugar do britânico e projetou o Ferrari em direção ao monolugar do rival.

"Foi incorreto da minha parte, porque pensei que tinha travado propositadamente. Estava irritado e a minha reação foi exagerada. Na segunda-feira, pedi desculpa à FIA (Federação Internacional de Automobilismo), aos espetadores e a ele próprio", disse Vettel.

O alemão expôs as suas razões na sede do organismo regulador do desporto automóvel, em Paris, mas não recebeu mais do que os 10 segundos de penalização que cumpriu durante a corrida, ainda que Hamilton tenha perdido idêntico tempo ao ver-se obrigado a reparar o Mercedes.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC