sicnot

Perfil

Desporto

Herrera, Layún e Reyes já treinam com o FC Porto

Os internacionais mexicanos Herrera, Layún e Reyes, que estiveram na Taça das Confederações, juntaram-se hoje ao plantel principal de futebol do FC Porto no México.

O plantel principal do FC Porto realizou hoje o primeiro treino da digressão ao México, que decorreu à porta fechada, no Estádio Azul, palco do primeiro jogo da Supercopa Tecate, frente ao Cruz Azul (terça-feira às 3h00 horas em Lisboa).

Ao grupo juntaram-se Héctor Herrera, Miguel Layún e Diego Reyes, autorizados a apresentar-se mais tarde, depois de em junho terem representado a seleção mexicana na Taça das Confederações.

Com a chegada do trio mexicano, são 28 os jogadores que estão agora às ordens da equipa técnica liderada por Sérgio Conceição, que até à próxima quinta-feira vai estar no México a preparar a temporada 2017/18.

Lusa

  • Sismo registado esta manhã na região de Lisboa

    País

    Um sismo foi sentido esta manhã na região da Grande Lisboa. O abalo foi registado às 7h44, com epicentro em Sobral de Monte Agraço e magnitude de 4.3, informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

    Em atualização

  • "É terrorismo, politiquice e interesse económico"
    0:45

    País

    A situação em Mação, no distrito de Santarém, continua muito complicada para os operacionais e para as populações que tentam combater as chamas. Os populares dizem que é de "lastimar" a aflição que se vive.

  • GNR resgata 45 sírios no mar Egeu
    2:28

    Crise Migratória na Europa

    A Guarda Nacional Republicana já resgatou quase 300 migrantes no mar Egeu, ao largo da Grécia, desde o início de maio. Esta quarta-feira de madrugada, os militares salvaram 45 sírios que tentavam chegar à Grécia numa embarcação de borracha.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.