sicnot

Perfil

Desporto

Associação Internacional de Atletismo suspende o dirigente Frankie Fredericks

O namibiano Frankie Fredericks foi suspenso provisoriamente pela Associação Internacional de Atletismo (IAAF), organismo de que é membro o antigo campeão do mundo dos 200 metros, cujo nome tem aparecido associado a suspeitas de corrupção.

O antigo velocista fica suspenso "das suas funções de membro do conselho (...) e de qualquer função no atletismo", enquanto não se concluir um inquérito, decidiu a comissão de disciplina da IAAF, a fazer eco do que tem sido avançado pela imprensa em França.


Frankie Fredericks disse, em comunicado, que vai recorrer e assegura "não ter violado o código de ética da IAAF".


A 04 de março, o diário francês Le Monde avançava que Fredericks recebeu 299.300 dólares (cerca de 262 mil euros) no dia da atribuição dos Jogos Olímpicos pelo COI ao Rio de Janeiro (29 de outubro de 2009, em Copenhaga).


O dirigente assegura que o pagamento foi feito "em conformidade com um contrato datado de 11 de março de 2007, por serviços prestados entre 2007 e 2011" e que "nada tem a ver com os Jogos Olímpicos".


O pagamento provem da empresa do filho do antigo presidente da IAAF Lamine Diack, Papa Massata Diack - que por sua vez é acusado de ter recebido 1,5 milhões de dólares (1,31 milhões de euros) do empresário brasileiro Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, três dias antes da votação.


Entretanto, Fredericks já se tinha demitido da comissão de avaliação dos Jogos Olímpicos de 2024, cedendo o lugar ao suíço Patrick Baumann. Anunciara também que não ia votar na escolha para cidade desses Jogos, na sessão de setembro, a realizar em Lima (onde deverá acontecer a atribuição em conjunto de 2024 e 2028 a Paris e Los Angeles, faltando saber a ordem).


A IAAF também já tinha substituído Fredericks no grupo de trabalho para a reintegração do atletismo russo, após o afastamento por doping institucionalizado.

Lusa

  • "Ataque terrorista" no centro de Barcelona

    Ataque em Barcelona

    Uma carrinha atropelou várias pessoas esta tarde em Barcelona, Espanha, na área turística de Las Ramblas. A polícia confirma oficialmente um morto e 32 feridos, mas outras fontes asseguram a existência de várias vítimas mortais. As autoridades falam de um "ataque terrorista" e revelaram a foto do suspeito.

    Direto

    SIC

  • Mação volta a enfrentar dias de pânico
    3:33
  • Fogo obrigou à evacuação de 6 aldeias do concelho do Sardoal
    1:56

    País

    O incêndio que chegou ao Sardoal obrigou à evacuação de seis aldeias. As pessoas foram encaminhadas para as instalações da Santa Casa da Misericórdia e vão regressando ao longo do dia de hoje. A A23 foi reaberta de madrugada, depois de ter estado várias horas cortada nos dois sentidos .

  • Ministra admite que a maioria dos incêndios começaram por mão humana
    1:57

    País

    A Ministra da Administração Interna admitiu esta quarta-feira que a maioria dos incêndios deste ano começaram por mão humana, mas Constança Urbano de Sousa entende que é cedo para tirar outras conclusões. Já o vice-presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Adelino Gomes, diz que não há duvidas e fala em terrorismo organizado. 

  • Sismo na região de Lisboa sentido num raio de 150km
    3:19