sicnot

Perfil

Desporto

Totti é o novo diretor técnico da Roma

@OfficialASRoma

A Roma anunciou esta segunda-feira que o lendário ex-futebolista Francesco Totti vai continuar no clube enquanto diretor, numa entrevista ao antigo capitão publicada no sítio oficial da Internet do emblema romano.

Depois de 25 anos a representar os giallorossi e de uma emocionante despedida no final da temporada passada, o icónico número 10 vai passar agora a ajudar o clube, trabalhando ao lado do diretor desportivo Monchi e do treinador Eusebio Di Francesco.

"Vou começar pelo início. Agora principia uma nova fase e uma nova aventura. Tive tempo para pensar nas coisas e decidir que verdadeiramente estou pronto para continuar a servir esta equipa, dia após dia, com calma e confiança, para aprender um novo papel e acrescentar algo novo, acima de tudo", explicou Totti, durante a entrevista.

O ex-internacional italiano revelou também o que sentiu na sua despedida dos relvados, a 28 de maio, a paixão pelo futebol e a cidade romana, e as dúvidas de alguém que teve de pensar no futuro fora dos relvados, já com 40 anos na bagagem, 25 dos quais a servir um único símbolo.

"Quando mudas o teu papel, tens sempre de demorar algum tempo para conhecer melhor a situação em que te estás a meter, mas eu sou suficientemente afortunado de saber bem qual é a atmosfera à volta do clube e da cidade. As dúvidas são apenas sobre o que é que eu quero fazer para alcançar algo grande", disse.

"Il Capitano" prosseguiu, apontado que "neste momento os detalhes não são precisos" e que não quer uma função específica: "Quero ser tudo e nada. Quero ser uma pessoa importante para Roma e Roma percebe que é isso que eu quero fazer".

Apesar da mudança brusca, Totti não deixa de ser ele próprio, como se pode constatar pela resposta dada às perguntas "e agora, Francesco, como o tratamos?" e "o que diz no seu cartão de negócios?":

"Francesco, como sempre. Francesco, AS Roma", finalizou.

Lusa

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • "Comecei por ajudar uma família que me pediu um plástico para se proteger"
    4:51
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC