sicnot

Perfil

Desporto

Inês Henriques conquista ouro nos 50 km marcha com novo recorde

Matthew Childs / Reuters

Inês Henriques é a nova campeã do mundo dos 50 km marcha. A portuguesa de 37 anos conquistou hoje a medalha de ouro nos Mundiais de atletismo, que decorrem em Londres, juntando ao troféu o novo recorde do mundo, que já lhe pertencia: quatro horas, cinco minutos e 56 segundos.

É a primeira vez que as mulheres correm esta prova em campeonatos do mundo. Inês Henriques era desde janeiro a recordista mundial da distância. Portugal conquista assim a sexta medalha de ouro nos Mundiais.

Até chegar a Londres, Inês Henriques tinha no currículo três participações olímpicas, a última das quais no Rio2016, onde alcançou o 12.º posto nos 20 km marcha. A atleta conta ainda um sétimo posto nos Mundiais de 2007 e um nono nos Europeus de 2010, sempre na distância dos 20 km.

O pódio nos Mundiais de Londres foi completado com duas atletas chinesas: Hang Yin, prata, com 4:08.58, e Shuqing Yang, bronze, com 4:20.49.

Palmarés de Inês Henriques:

Local/data de nascimento: Santarém, 1 maio de 1980 (37 anos)
Clube: CN Rio Maior (desde 1992)
Treinador: Jorge Miguel (desde 1992)
Principais recordes pessoais:
20 km marcha - 1:29.00 (2016)
50 km marcha - 4:05.56 (Londres, 2017) Recorde do Mundo.
Principais resultados, em 20 km marcha:
7.ª no Mundial de 2007. (Sete participações, entre 2001 e 2015).
12.ª nos Jogos Olímpicos Rio2016 (também competiu em 2004 e 2012).
8.ª no Europeu de 2010 (Quatro participações, entre 2002 e 2014).
Vice-campeã nacional de 20 km (três vezes campeã) e atual campeã de 50 km.

Com Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22