sicnot

Perfil

Desporto

Inês Henriques conquista ouro nos 50 km marcha com novo recorde

Matthew Childs / Reuters

Inês Henriques é a nova campeã do mundo dos 50 km marcha. A portuguesa de 37 anos conquistou hoje a medalha de ouro nos Mundiais de atletismo, que decorrem em Londres, juntando ao troféu o novo recorde do mundo, que já lhe pertencia: quatro horas, cinco minutos e 56 segundos.

É a primeira vez que as mulheres correm esta prova em campeonatos do mundo. Inês Henriques era desde janeiro a recordista mundial da distância. Portugal conquista assim a sexta medalha de ouro nos Mundiais.

Até chegar a Londres, Inês Henriques tinha no currículo três participações olímpicas, a última das quais no Rio2016, onde alcançou o 12.º posto nos 20 km marcha. A atleta conta ainda um sétimo posto nos Mundiais de 2007 e um nono nos Europeus de 2010, sempre na distância dos 20 km.

O pódio nos Mundiais de Londres foi completado com duas atletas chinesas: Hang Yin, prata, com 4:08.58, e Shuqing Yang, bronze, com 4:20.49.

Palmarés de Inês Henriques:

Local/data de nascimento: Santarém, 1 maio de 1980 (37 anos)
Clube: CN Rio Maior (desde 1992)
Treinador: Jorge Miguel (desde 1992)
Principais recordes pessoais:
20 km marcha - 1:29.00 (2016)
50 km marcha - 4:05.56 (Londres, 2017) Recorde do Mundo.
Principais resultados, em 20 km marcha:
7.ª no Mundial de 2007. (Sete participações, entre 2001 e 2015).
12.ª nos Jogos Olímpicos Rio2016 (também competiu em 2004 e 2012).
8.ª no Europeu de 2010 (Quatro participações, entre 2002 e 2014).
Vice-campeã nacional de 20 km (três vezes campeã) e atual campeã de 50 km.

Com Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38