sicnot

Perfil

Desporto

André Villas-Boas acusa adversário de provocar falsos acidentes rodoviários

O técnico português está, atualmente, a treinar a equipa chinesa Shanghai SIPG.

Aly Song

O português André Villas-Boas, treinador do Shanghai SIPG, acusou Guangzhou Evergrande de ter provocado falsos acidentes rodoviários, com o objetivo de atrasar a chegada da sua equipa ao jogo da Liga dos Campeões asiática de futebol.

"Viajámos de autocarro para o estádio. Durante o percurso, os mesmos dois carros envolveram-se em três acidentes à nossa frente", denunciou Villas-Boas, após o encontro da segunda mão dos quartos de final da prova, realizado na terça-feira, que o Shanghai SIPG venceu no desempate por grandes penalidades (5-4).

A equipa de Xangai terminou o prolongamento a perder por 5-1, desbaratando a vantagem de 4-0 alcançada na receção ao Guangzhou Evergrande, orientado pelo brasileiro Luiz Felipe Scolari, antigo selecionador de Portugal, mas qualificou-se para as meias-finais na lotaria das grandes penalidades.

"Foi um feito para o Shanghai SIPG, porque parecia que apenas um clube estava destinado a dominar o futebol na Ásia, sem olhar a meios para o conseguir, bloqueando hotéis e provocando falsos acidentes", observou o treinador português.

Lusa

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57