sicnot

Perfil

Desporto

Pedro Proença felicita Ronaldo, "um dos melhores" de sempre

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença, felicitou esta quinta-feira Cristiano Ronaldo pela conquista da edição 2017 da Bola de Ouro, um galardão que premeia "um dos melhores" desportistas de sempre à escala mundial.

"Parabéns, Cristiano. Parabéns Portugal (...) Sentimo-nos todos muito honrados com mais este momento de sucesso, que premeia o mais talentoso desportista português da atualidade e um dos melhores de sempre à escala mundial", pode ler-se na nota enviada pela Liga.

Cristiano Ronaldo venceu a edição 2017 da Bola de Ouro e somou a 11.ª presença consecutiva no 'top 10' do prémio entregue anualmente pela revista France Football, entre 2010 e 2015 numa parceria com a FIFA.

Desde que foi segundo classificado, em 2007, então, atrás do brasileiro Kaká, não mais o 'capitão' da seleção portuguesa de futebol falhou os 10 melhores, somando cinco troféus, outros tantos segundos lugares e um sexto, em 2010.

O jogador do Real Madrid, formado no Sporting e depois com passagem pelo Manchester United, ganhou em 2008, 2013, 2014, 2016 e 2017 e foi segundo em 2007, 2009, 2011, 2012 e 2015, nas últimas quatro ocasiões batido pelo argentino Lionel Messi, que somou há dois anos o quinto galardão.

Entre os futebolistas lusos, Cristiano Ronaldo, nascido na Madeira em 05 de fevereiro de 1985 (32 anos), já é, de muito longe, o melhor, ao somar cinco títulos, contra apenas um do 'rei' Eusébio e outro de Figo.

"Já quase não há palavras para saudar as conquistas de Cristiano Ronaldo. A sua capacidade de se manter no topo do mundo é ímpar", comentou ainda Pedro Proença.

Lusa

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.