sicnot

Perfil

Desporto

Jesus não venceu Benfica nos últimos três dérbis

Armando Franca

O treinador Jorge Jesus não venceu o Benfica nos três últimos dérbis disputados pelo Sporting e continua a ter saldo negativo diante dos encarnados.

O técnico leonino, de 63 anos, defrontou os encarnados em 22 ocasiões, nas quais somou seis vitórias, 15 derrotas e um empate, ao serviço de Amora, Felgueiras, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, União de Leiria, Belenenses, Sporting de Braga e Sporting.

De resto, Jesus não venceu nenhum dos últimos três embates com a anterior equipa, somando dois desaires e um empate, este precisamente na derradeira partida deste historial, já na fase final da temporada transata (1-1), quando o sueco Lindelöf emergiu como herói improvável em Alvalade e, num magistral livre direto, anulou o tento inaugural do capitão sportinguista, Adrien.

A primeira e única igualdade de Jorge Jesus frente ao Benfica sucedeu a dois desaires, primeiro na segunda volta da I Liga 2015/16, em Alvalade, graças ao grego Mitroglou (1-0), e, depois, na 13.ª ronda da época passada, na Luz, quando o golo do holandês Bas Dost se revelou insuficiente para anular os tentos dos benfiquistas Salvio e Raúl Jiménez (2-1).

Contudo, metade dos triunfos alcançados por Jesus foram já ao serviço dos leões, sendo que, na primeira época em Alvalade, o técnico conquistou tantas vitórias sobre os encarnados (três) quanto as que tinha nos anteriores 22 anos de carreira.

Na primeira temporada de verde e branco, o experiente treinador conquistou mesmo o primeiro triunfo da carreira no reduto benfiquista, graças a uma exibição imponente do Sporting, capitalizada com golos de Téo Gutiérrez, Slimani e Bryan Ruiz (3-0), que, assim, terminaram com uma série de oito desaires consecutivos do técnico na Luz.

Steven Governo

Esta foi uma das três vitórias conquistadas pelo treinador nesse ano de estreia em Alvalade, durante o qual venceu ainda as partidas da Supertaça (1-0), no Algarve, e Taça de Portugal (2-1), antes de ser derrotado pelas 'águias' no já referido encontro da segunda volta, no reduto 'leonino' (1-0).

O primeiro embate de Jesus com as 'águias' teve lugar em fevereiro de 1993, ao serviço do Amora, o primeiro clube que orientou e que se deslocou ao Estádio da Luz para disputar os quartos de final da Taça de Portugal, tendo sido eliminado com uma goleada (5-0).

Em 1995/96, já no primodivisionário Felgueiras, Jesus seria derrotado nos dois jogos do campeonato (1-0 e 2-1), o mesmo acontecendo na época 1998/99, a primeira à frente do Estrela da Amadora (2-0 e 1-0).

Na segunda temporada na Reboleira (1999/00), o técnico amadorense começou por sair derrotado do primeiro embate com as 'águias' (2-0), mas, na segunda volta do campeonato, conquistou o primeiro triunfo deste historial e de forma clara (3-0), com dois golos de Gaúcho e um do ex-benfiquista Kenedy.

À primeira vitória, seguiram-se dois desaires, ao serviço de Vitória de Setúbal (2001/02) e Vitória de Guimarães (2003/04), antes de novo triunfo, desta feita pela União de Leiria (2005/06), que bateu o Benfica, de Ronald Koeman, por 3-1, graças aos tentos de João Paulo, Fábio Felício e Maciel.

Nas duas temporadas seguintes (2006/07 e 2007/08), Jorge Jesus deu novo rumo à carreira e comandou os destinos do Belenenses, pelo qual disputou quatro partidas com o Benfica, perdendo três e vencendo uma.

Depois dos dois desaires averbados em 2006/07, o técnico viu os 'azuis' do Restelo baterem os 'encarnados' na primeira volta da I Liga 2007/08, com um golo de Weldon (1-0), antes de perderem o jogo da segunda volta, na Luz (2-0).

Já ao comando do Sporting de Braga, em 2008/09, Jesus teve dois embates com o Benfica, tendo perdido ambos (1-0 e 3-1), e a derrota em Lisboa, graças a um golo irregular de David Luiz, levaria o técnico a utilizar expressão: 'Lutar como? Só se for na Playstation'.

Seguir-se-iam seis temporadas como 'timoneiro' do Benfica, pelo qual contabilizou 156 jogos (127 vitórias, 18 empates e 11 derrotas) e 10 troféus, antes de se mudar para o rival lisboeta, em 2015.

Benfica e Sporting jogam na quarta-feira, a partir das 21:30, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Lusa

  • Vigília à porta da Autoeuropa contra novo horário
    1:13

    País

    Alguns trabalhadores da Autoeuropa fizeram este domingo uma vigília junto à fábrica, contra a imposição do novo horário de trabalho, que começa em fevereiro. Os trabalhadores estão contra essa obrigatoriedade e dizem que é ilegal porque não cumpre as 35 horas de descanso entre turnos.

  • Krovinovic não joga mais esta época

    Desporto

    O futebolista croata Filip Krovinovic lamentou este domingo a lesão nos ligamentos do joelho direito, sofrida no sábado na receção do Benfica ao Desportivo de Chaves (3-0), assumindo a confiança na conquista do quinto campeonato consecutivo pelo clube.

  • Marco Silva despedido do comando técnico do Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva deixou o comando técnico do Watford, anunciou o 10.º classificado da Liga inglesa de futebol no seu sítio na Internet. "Foi uma decisão difícil e não foi tomada de ânimo leve. O clube está convencido de que a contratação de Marco Silva foi a correta e não fosse a abordagem indesejada de um rival da 'Premier League', continuaríamos a prosperar sob o seu comando", lê-se no comunicado do clube.

  • Waris estreia-se nos treinos do FC Porto

    Desporto

    O avançado ganês Majeed Waris, emprestado pelos franceses do Lorient, treinou este domingo pela primeira vez com o plantel do FC Porto, anunciou o líder da I Liga portuguesa de futebol no seu sítio oficial na Internet.