Desporto

Lito Vidigal suspenso oito dias por expulsão na Taça de Portugal

O treinador do Desportivo das Aves, Lito Vidigal, foi suspenso por oito dias depois da expulsão no encontro dos quartos de final da Taça de Portugal, com o Rio Ave (4-4, 5-4 nas grandes penalidades), foi hoje divulgado.

Segundo as decisões do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, o técnico e o adjunto, João Moreira da Silva, foram suspensos na sequência da expulsão durante o jogo com o Rio Ave.

O técnico deverá falhar, assim, o jogo do Desportivo das Aves no domingo, no Estádio de Alvalade, frente ao Sporting (20:15), da 18.ª jornada da I Liga de futebol.

Ainda segundo as deliberações do Conselho de Disciplina, foi aberto um processo disciplinar ao Caldas, por "eventual prática das infrações previstas nos artigos 94.º e 62.º" do regulamento de disciplina, na sequência da vitória frente ao Farense (3-2 após prolongamento) nos 'quartos' da Taça.

O primeiro artigo diz respeito a "irregularidade nos bilhetes de ingresso", enquanto o 62.º refere-se a "comportamento discriminatório", sendo que este pode levar a uma sanção de dois a cinco jogos à porta fechada.

Lusa

  • "A bebedeira passa, o resto não!"
    2:48

    País

    O INEM socorreu mais de mil menores em coma alcoólico, no ano passado. Por isso, os adolescentes são o alvo da campanha lançada esta sexta-feira pelo Governo: "A bebedeira passa, o resto não!"

  • Sabe que pode estar a pagar 100€ a mais na fatura do gás?
    2:29

    Economia

    A maior parte das empresas fornecedoras de gás continua a cobrar aos clientes a taxa de ocupação do subsolo ao clientes, apesar da lei dizer que deve ser paga pelas empresas desde janeiro de 2017. Cada Câmara Municipal cobra o que entende e há autarquias que não cobram nada. Em alguns casos podemos estar a falar de mais de 8 euros por mês, ou seja, mais de 100 euros por ano.

  • As técnicas e o currículo polémico do Dr. Bumbum
    2:10

    Mundo

    Uma mulher morreu após uma operação aos glúteos, feita na casa de um cirurgião plástico conhecido no Brasil por Dr. Bumbum. Depois de quatro dias em fuga, o homem entregou-se às autoridades. O médico operava as mulheres em casa e no currículo tem um curso que não acabou e pós-graduações que não são reconhecidas.

  • Ir ao Douro e à Nazaré
    25:57
  • O convite que causou surpresa até na Casa Branca
    2:33