sicnot

Perfil

Desporto

Tottenham vence Everton e iguala o Liverpool no quarto lugar da Liga inglesa

Eddie Keogh

O Tottenham igualou este sábado, provisoriamente, o Liverpool no quarto lugar da liga inglesa de futebol, após golear em casa o Everton por 4-0, com um 'bis' de Harry Kane, na 23.ª jornada.

No Estádio de Wembley, o avançado internacional inglês marcou aos 47 e 59 minutos, o último com assistência do ex-Sporting Eric Dier, e reforçou a liderança da lista dos melhores marcadores da 'Premier League', contabilizado agora 20 golos, mais três que o egípcio Salah, do Liverpool, segundo classificado.

O sul-coreano Son abriu a contagem, aos 26 minutos, e o dinamarquês Erikson fechou as contas, aos 81.

Com este triunfo, o Tottenham passou a ter, provisoriamente, cinco pontos de vantagem sobre o Arsenal, sexto classificado, e igualou o Liverpool na quarta posição.

Os 'reds' recebem no domingo o líder Manchester City, no jogo 'grande' da ronda.

Antes, o Watford, de Marco Silva, empatou na receção ao Southampton (2-2), enquanto o Swansea, de Carlos Carvalhal, foi a Newcastle somar um ponto (1-1).

Em Vicarage Road, um golo do francês Doucoure, aos 90 minutos, salvou o Watford da derrota, num encontro em que o Southampton chegou a ter dois golos de vantagem.

Com Cedric Soares no lado direito da defesa, os 'saints' chegaram ao intervalo com 2-0 no marcador, graças a um 'bis' de Ward-Prowse, alcançado aos 20 e 44 minutos.

Na segunda parte, Gray reduziu a diferença, aos 58 minutos, e, perto do fim, Doucoure impediu a derrota da formação de Marco Silva, que continua no 10.º lugar, com 26 pontos.

No último posto, a quatro pontos da salvação, continua o Swansea, que empatou no campo do Newcastle, outro dos 'aflitos' da competição.

Sem Renato Sanches, lesionado, a equipa de Carlos Carvalhal chegou mesmo a estar na frente ao marcador, com um golo do ganês Jordan Ayew, aos 60 minutos, mas os 'magpies' chegaram à igualdade pelo espanhol Joselu, aos 68.

O campeão Chelsea não foi além de um nulo na receção ao Leicester, que não contou com Adrien Silva, um resultado que mesmo assim deixa os 'blues', para já, empatados com o Manchester United no segundo lugar da prova. A equipa de Mourinho recebe na segunda-feira o Stoke City.

Destaque ainda para o triunfo caseiro do Crystal Palace, que esta temporada protagonizou o pior arranque de sempre da história da competição. Os 'eagles' bateram o Burnley por 1-0 e já estão cinco pontos acima da zona de despromoção.

O West Ham, outra das equipas que teve um arranque 'tremido', conseguiu o melhor resultado da temporada, ao golear fora o Huddersfield, por 4-1. Os 'hammers' continuam sem contar com José Fonte, lesionado.

Lusa

  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Centeno aponta para a reforma e expansão do euro
    0:32

    Economia

    O ministro das Finanças português participa hoje na primeira reunião enquanto presidente do Eurogrupo. À entrada para o encontro dos ministros das Finanças da moeda única, Mário Centeno apontou a reforma do Euro como um dos principais desafios do mandato que agora inicia. 

  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".