sicnot

Perfil

Desporto

Cervi ambiciona presença no Mundial 2018 e elogia grandeza do Benfica

Pedro Rocha

O futebolista Franco Cervi admitiu esta quinta-feira o desejo de ser chamado à seleção argentina que vai disputar o Mundial 2018 e revelou que "nunca" esperou chegar a "um clube tão grande como o Benfica".

"Tenho sempre essa ambição, mas há que trabalhar. Não é algo fácil de conseguir, mas é preciso estar tranquilo e dar tudo pelo clube", afirmou o jogador das 'águias', à margem de uma iniciativa sobre os Jogos Olímpicos da Juventude, que decorreu na residência oficial do embaixador argentino em Portugal.

O extremo, de 23 anos, que chegou à Luz em 2016, proveniente do Rosario Central, mostrou-se feliz pela escolha que fez e destacou a grandeza dos 'encarnados'.

"Estou muito contente por ter chegado a um clube como o Benfica. Nunca esperei chegar a um clube tão grande. Vou dar sempre tudo por este clube. Estamos num momento importante da temporada e temos de trabalhar para dar sequência ao que temos feito nos últimos jogos", referiu.

Na cerimónia estiveram também presentes outros atletas argentinos que atuam em Portugal, como os futebolistas Eduardo Salvio, do Benfica, Marcos Acuña e Rodrigo Battaglia, ambos do Sporting, além dos hoquistas Carlos Nicolía, que defende as 'águias', e Matías Platero e Facundo Navarros, dos 'leões'.

"Estive com o Battaglia seis meses no Rosario. Aqui estamos num local argentino e temos de deixar de lado as rivalidades", brincou Cervi.

Já Battaglia mostrou-se "orgulhoso" por representar o Sporting na cerimónia e, referindo-se concretamente aos Jogos Olímpicos da Juventude, que terão lugar em Buenos Aires, em outubro, lembrou que os 'leões' têm "55 modalidades e 149 atletas que vão competir nos Jogos Olímpicos".

Em tom de brincadeira, o embaixador argentino em Portugal, Oscar Moscariello, deixou mesmo um desafio ao selecionador de futebol da Argentina, que vai disputar o Mundial2018: "Podemos ter um de cada lado. Acuña de um lado e Cervi do outro, mas isso é preciso perguntar a [Jorge] Sampaoli."

O presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, também esteve presente na iniciativa. A terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude de verão (a quinta em termos absolutos) terá lugar na capital da Argentina, entre 01 e 12 de outubro. A competição, que será disputada por 206 países e conta com 28 modalidades, é dirigida a atletas entre os 15 e os 18 anos.

Lusa

  • "Temos de jogar melhor do que frente à Espanha"
    0:45
  • Ronaldo é o jogador que mais preocupa os marroquinos
    2:35
  • Recorda-se de Tahar? O ex-futebolista marroquino que já jogou em Portugal
    6:10
  • "Somos 11 milhões, queremos ser campeões e as russas são grandes canhões"
    3:54
  • Denis Cheryshev: o orgulho dos anfitriões

    Mundial 2018 / Rússia

    O avançado Denis Cheryshev foi eleito o Homem do Jogo entre Rússia e Egito, que os russos venceram por 3-1. Marcou o segundo golo dos anfitriões, o terceiro em nome próprio no Mundial e juntou-se a Cristiano Ronaldo no topo da lista de melhores marcadores. Aos 27 anos e a jogar o primeiro Mundial da carreira, Cheryshev continua a assumir-se como um dos principais rostos da esperança russa para o sucesso desta campanha. Depois de já ter sido o melhor em campo no triunfo sobre a Arábia Saudita, a nação anfitriã vê-o como uma espécie de porta-estandarte do orgulho russo na defesa da pátria.

  • Gato Achilles acerta no resultado do Rússia-Egito

    Desporto

    O gato Achilles é o adivinho dos jogos do Mundial na Rússia. Depois de ter acertado na vitória da Rússia frente à Arábia Saudita, o felino voltou a apostar na equipa certa, com os russos a vencerem esta terça-feira o Egipto por 3-1.

  • Os momentos que marcaram o 6.º dia de Mundial
    0:58
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O espetáculo fora das quatro linhas
    2:30
  • "Quando o Cristiano Ronaldo te convidar para almoçar, recusa"

    Desporto

    Na possibilidade de ser convidado por Cristiano Ronaldo para um almoço ou jantar, recuse. Este é o conselho de Patrice Evra, que revelou o "sofrimento" que passou quando aceitou almoçar em casa do capitão da seleção nacional, na altura em que ambos jogavam pelo Manchester United. O jogador francês falou sobre a comida "demasiado saudável" e o exercício que acabou por ter de fazer, enquanto podia estar a descansar.

    SIC

  • "Quero ir com a minha tia", o desespero das crianças afastadas dos pais nos EUA
    2:11

    Mundo

    A nova política de imigração de Donald Trump está a suscitar reações indignadas. Na fronteira com o México, as crianças refugiadas estão a ser retiradas à força aos pais e levadas para centros de acolhimento. Esta terça-feira, foi divulgado um registo áudio de uma criança a suplicar pelos pais a um dos agentes da polícia fronteiriça.

  • Protecionismo de Trump abala Wall Street

    Economia

    Abalada pela exacerbação das disputas comerciais entre os EUA e a China, a bolsa nova-iorquina encerrou esta terça-feira em baixa, com o seletivo Dow Jones a fechar em queda pela sexta sessão consecutiva.