sicnot

Perfil

Desporto

Portugal foi 82.º país a desfilar na abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno

DIEGO AZUBEL

A comitiva portuguesa foi esta sexta-feira a 82.ª a entrar na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018, marcada pelo desfile unificado das duas Coreias.

No final da passagem das 91 comitivas, chegou o momento mais aguardado da cerimónia de abertura, com as delegações da Coreia do Sul e da Coreia do Norte a desfilarem em conjunto, sob uma bandeira branca com o mapa da península coreana desenhado a azul.

Tal como havia acontecido aquando da entrada do presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, e do presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, a irmã mais nova de Kim Jong-un, líder norte-coreano, cumprimentou os responsáveis sul-coreanos presentes no Estádio Olímpico de PyeongChang. Kim Yo-jung é o primeiro membro da dinastia Kim a visitar a Coreia do Sul.

Esta foi a quarta vez que as duas Coreias desfilaram em conjunto em Jogos Olímpicos, depois de já o terem feito nas edições de Verão de 2000 e 2004 e de Inverno de 2006.

1 / 25

Pawel Kopczynski

2 / 25

Phil Noble

3 / 25

Damir Sagolj

4 / 25

Pawel Kopczynski

5 / 25

Stefano Rellandini

6 / 25

Kai Pfaffenbach

7 / 25

Damir Sagolj

8 / 25

Pawel Kopczynski

9 / 25

Kai Pfaffenbach

10 / 25

Damir Sagolj

11 / 25

Damir Sagolj

12 / 25

Phil Noble

13 / 25

Kai Pfaffenbach

14 / 25

Pawel Kopczynski

15 / 25

Toby Melville

16 / 25

Stefano Rellandini

17 / 25

Toby Melville

18 / 25

Kim Kyung Hoon

19 / 25

Pawel Kopczynski

20 / 25

Damir Sagolj

21 / 25

Jorge Silva

22 / 25

Jorge Silva

23 / 25

Kai Pfaffenbach

24 / 25

Eric Gaillard

25 / 25

Phil Noble

Além de terem desfilado em conjunto, as Coreias vão ainda ter uma equipa conjunta no torneio feminino de hóquei no gelo. De forma simbólica, os discursos inaugurais dos responsáveis da Coreia do Sul e do COI foram feitos com a comitiva coreana por trás.

A comitiva portuguesa, liderada por Kequyen Lam, um dos dois atletas lusos em prova -- juntamente com Arthur Hanse --, foi a 82.ª a entrar no Estádio Olímpico.

Destaque também para o desfile da comitiva russa, que entrou sob bandeira neutra, depois de o país ter sido proibido de participar devido a um caso de doping sistemático apoiado pelo governo.

Lusa

  • Coreias voltam a reunir dois anos depois
    2:19

    Mundo

    A Coreia do Norte aceitou o convite para participar nos Jogos Olímpicos de Inverno em fevereiro no país vizinho. A informação foi revelada durante um encontro que se realizou no enclave de Panmunjon, na zona desmilitarizada que marca a divisão entre as duas coreias. Esta foi a primeira reunião entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul dos últimos dois anos.

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19