sicnot

Perfil

Desporto

Árbitro italiano Daniele Orsato no FC Porto-Liverpool

Alberto Lingria / Reuters

O árbitro italiano Daniele Orsato dirige na quarta-feira o jogo entre o FC Porto e o Liverpool (19:45), da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, anunciou hoje a UEFA.

Será a segunda vez que este árbitro, internacional desde 2010, estará num jogo dos 'dragões', depois de ter dirigido o jogo entre Dínamo Zagreb e o FC Porto (0-2), na fase de grupos da 'Champions', na época de 2012/13.

No outro jogo de quarta-feira da Liga Campeões, que opõe o Real Madrid, de Cristiano Ronaldo, ao Paris Saint-Germain, no Estádio Santiago Bernabéu, estará o também árbitro italiano Gianluca Rocchi.

Lusa

  • Germano Almeida vence Prémio Camões

    Cultura

    O escritor cabo-verdiano Germano Almeida é o vencedor do Prémio Camões 2018, foi esta segunda-feira anunciado, no Hotel Tivoli, em Lisboa, após reunião do júri.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.