Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
2:51

Revista de imprensa de 5 de agosto

2
5:48

Sala dedicada ao desenvolvimento de pessoas com dificuldades cognitivas inaugurada em Lisboa

3
1:15

Número de mortos nas estradas aumentou 10% nos primeiros 7 meses de 2015

4
1:46

Operações de vigilância durante a noite após fogo em Ourém

5
0:29

Passos Coelho diz que dados da UTAO não comprometem metas do Governo

6
2:02

PSD e PS em guerra aberta sobre os números do desemprego

7
2:39

Apoiantes do PS e da coligação partilham imagens falsas dos cartazes de campanha

8
1:59

BCE vai obrigar o Novo Banco a aumentar o capital em mil milhões

9
2:19

Tribunal de Contas faz relatório negativo para Hospital Amadora-Sintra

10
2:43

Autoridades usam raio-x para verificar se camiões transportam imigrantes ilegais

11
1:24

Homem perdeu parte da perna depois de ficar preso numa escada rolante na China

12
0:58

Rapaz de 11 anos mata a tiro uma criança de três em Detroit

13
2:21

Reedições dos últimos três álbuns de estúdio dos Led Zeppelin estão disponíveis

20:22 20.02.2012

Eduardo Catroga admite desconforto de alguns acionistas com entrada de chineses no conselho de supervisão da EDP

LUSA Lusa

O novo presidente do conselho geral e de supervisão  da EDP, Eduardo Catroga, admitiu hoje que dois grupos de acionistas manifestaram  "desconforto" em relação à entrada dos chineses neste órgão de fiscalização,  o que se refletiu na votação.

"Há dois grupos de acionistas que consideram imposições (a entrada  da China Three Gorges no conselho geral e de supervisão), o que se refletiu  na votação", afirmou Eduardo Catroga, que recebeu o aval de 84 por cento  do capital representado na assembleia-geral extraordinária da elétrica portuguesa,  que se realizou hoje.  

Em conferência de imprensa, o ex-ministro das Finanças adiantou que  a Iberdrola, elétrica espanhola, que tem mais de 6,79 por cento do capital  da EDP, "tem aspirado a ser membro do conselho geral e de supervisão" e,  por isso, não vê com bons olhos a entrada da China Three Gorges, que adquiriu  uma participação de 21,35 por cento, com quatro representantes no órgão  de fiscalização.  

Eduardo Catroga adiantou que há ainda um outro grupo de pequenos acionistas  que defende que "a Three Gorges vai ter uma posição de controlo nos órgãos  sociais da empresa e, nesse sentido, deveria lançar uma OPA geral, ao mesmo  preço que comprou a posição do acionista Estado".  

O novo presidente do conselho geral e de supervisão adiantou que esse  "desconforto de acionistas" se reflete no diferencial entre a votação para  o conselho geral e de supervisão, com 84 por cento do capital representado,  e para o conselho de administração executivo, liderado por António Mexia,  com 99,8 por cento do capital representado.  

Aos jornalistas, no final da assembleia-geral de acionistas extraordinária,  Catroga considerou a sua escolha para liderar o órgão fiscalizador da elétrica  "natural", defendendo que a polémica em torno do seu nome foi "artificial".

"A votação não teve nada a ver com a seleção das pessoas, mas com grupos  de acionistas não concordarem com a política de formação do conselho geral  e de supervisão: uns consideravam que lá deviam estar representados e outros  consideram que a Three Gorges devia fazer uma OPA geral", declarou.  

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Economia

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
10:11
Belenenses parte para Suécia com objetivo de seguir na Liga Europa
10:10
Governo indiano renuncia a bloquear centenas de sites pornográficos
10:08
Moçambique agrava preços de importação de açúcar
10:06
Guimarães vai alterar 37 mil luminárias por tecnologia LED até 2017
10:00
Volume do comércio a retalho cai 0,6% em junho na zona euro
09:53
Lucro da Société Générale cresceu 77,8% no 1º semestre deste ano
09:52
GNR apreende 3 toneladas de bivalves em Albergaria-a-Velha
09:51
Múmias com 200 anos ao serviço da medicina contra a tuberculose
09:50
Bolsa de Lisboa em alta com Banif a liderar ganhos
09:48
Estafeta norte-americana 4x100 estilos recorde do mundo em Kazan
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .