Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
2:01

Milhares de pessoas esperadas na manifestação contra cortes nos colégios privados

2
1:10

Marcelo vai dizer a Merkel que é injusto castigar Portugal por não ter cumprido défice

3
1:06

Mais de 700 migrantes terão morrido no Mediterrâneo esta semana revela ONU

4
1:28

Libertado suspeito de violação de jovem de 16 anos no Brasil

5
2:52

Madrid em festa com a vitória do Real

6
1:07

Gorila abatido depois de rapaz de 4 anos ter caído no interior da jaula

7
1:53

Mais de 40 pessoas atingidas por raios na Polónia, França e Alemanha

8
2:22

Malas de viagem para ajudar escola em Angola

9
3:09

Concerto de homenagem a BB King em Sabrosa

20:22 20.02.2012

Eduardo Catroga admite desconforto de alguns acionistas com entrada de chineses no conselho de supervisão da EDP

LUSA Lusa

O novo presidente do conselho geral e de supervisão  da EDP, Eduardo Catroga, admitiu hoje que dois grupos de acionistas manifestaram  "desconforto" em relação à entrada dos chineses neste órgão de fiscalização,  o que se refletiu na votação.

"Há dois grupos de acionistas que consideram imposições (a entrada  da China Three Gorges no conselho geral e de supervisão), o que se refletiu  na votação", afirmou Eduardo Catroga, que recebeu o aval de 84 por cento  do capital representado na assembleia-geral extraordinária da elétrica portuguesa,  que se realizou hoje.  

Em conferência de imprensa, o ex-ministro das Finanças adiantou que  a Iberdrola, elétrica espanhola, que tem mais de 6,79 por cento do capital  da EDP, "tem aspirado a ser membro do conselho geral e de supervisão" e,  por isso, não vê com bons olhos a entrada da China Three Gorges, que adquiriu  uma participação de 21,35 por cento, com quatro representantes no órgão  de fiscalização.  

Eduardo Catroga adiantou que há ainda um outro grupo de pequenos acionistas  que defende que "a Three Gorges vai ter uma posição de controlo nos órgãos  sociais da empresa e, nesse sentido, deveria lançar uma OPA geral, ao mesmo  preço que comprou a posição do acionista Estado".  

O novo presidente do conselho geral e de supervisão adiantou que esse  "desconforto de acionistas" se reflete no diferencial entre a votação para  o conselho geral e de supervisão, com 84 por cento do capital representado,  e para o conselho de administração executivo, liderado por António Mexia,  com 99,8 por cento do capital representado.  

Aos jornalistas, no final da assembleia-geral de acionistas extraordinária,  Catroga considerou a sua escolha para liderar o órgão fiscalizador da elétrica  "natural", defendendo que a polémica em torno do seu nome foi "artificial".

"A votação não teve nada a ver com a seleção das pessoas, mas com grupos  de acionistas não concordarem com a política de formação do conselho geral  e de supervisão: uns consideravam que lá deviam estar representados e outros  consideram que a Three Gorges devia fazer uma OPA geral", declarou.  

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Economia

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
21:20
Marcelo diz que Portugal tem-se esforçado para cumprir compromissos
21:19
Organização aponta para 40 mil manifestantes em Lisboa
20:47
Colisão frontal no IP2 provoca 2 mortos
20:11
Câmara de Matosinhos diz estarem a ser apuradas causas de acidente
19:55
4 mortos em ataque contra associação de adeptos do Real no Iraque
19:39
Jogador do Olympiacos, Alan pulido, está desaparecido
19:33
Cristas defende que em alguns casos a escola pública possa ser sacrificada
18:51
10 mortos no Bangladesh em atos de violência nas eleições locais
18:50
5 capacetes azuis morrem em emboscada terrorista no centro do Mali
18:47
Deputada alemã atacada com tarte de chocolate
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .