Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
0:22

Jesús Corona admite que FC Porto é "um grande passo" na carreira

2
1:32

Moutinho foi única baixa no primeiro dia de trabalhos da seleção nacional

3
1:47

Bruxelas promete acolher refugiados em fuga à guerra

4
1:31

Áustria reforça patrulhamento junto à fronteira com a Hungria

5
2:03

Obama faz visita presidencial inédita ao Alasca

6
2:30

Explosão em Palmira causa estragos ainda incalculáveis

7
1:41

Desemprego atinge valor mais baixo desde 2010

8
1:09

Acidente no IC9, em Ourém, fez um morto e sete feridos

9
2:06

Magistrados fazem balanço negativo um ano após reforma judicial

10
1:18

Homicídio em Leiria ocorreu à porta de um café

11
2:30

Ambiente de consternação na Quinta do Conde após triplo homicídio

12
1:04

Três militares da GNR agredidos por causa de apreensão de veículo

13
1:33

Governo permite incentivos para atrair médicos ao Interior e ao Sul

14
2:48

The Gift assinalam 20º aniversário com dois concertos

22:13 22.09.2012

Seguro diz esperar que fim da TSU "sirva de lição ao primeiro-ministro"

LUSA Lusa

O secretário-geral do PS, António José Seguro,  manifestou-se hoje, em Soure, "muito satisfeito" com o facto de a TSU ter  "caído" e disse esperar que isso "sirva de lição ao primeiro-ministro".

"Considero que é uma satisfação para todos os portugueses, estou muito  satisfeito com o facto de a TSU ter caído, espero que isto sirva de lição  para o primeiro-ministro", afirmou. 

António José Seguro falava aos jornalistas em Soure (Coimbra), respondendo  a uma questão sobre o recuo do Governo em relação à proposta da Taxa Social  Única, na sequência da reunião do Conselho de Estado de sexta-feira. 

Sobre o comunicado do Conselho de Estado, o líder socialista disse não  fazer comentários por ser membro deste órgão. 

Acerca de uma eventual remodelação do Governo, António José Seguro disse  tratar-se de uma questão que compete ao primeiro-ministro. 

Em relação ao desafio do líder do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã,  para que se avance para uma moção de censura de toda a oposição ao Governo,  António José Seguro respondeu que "o Partido Socialista decide a sua estratégia  e continuará a fazê-lo no futuro". 

"Se o Governo mantivesse a sua proposta TSU, significaria que o PS apresentaria  uma moção de censura, não havendo uma proposta do Governo, naturalmente  eu cumprirei a minha palavra", acrescentou o secretário-geral dos socialistas.

Segundo o comunicado divulgado após a reunião do Conselho de Estado  de sexta-feira, o Governo informou o Conselho de Estado de que está disponível  para, no quadro da concertação social, "estudar alternativas" à alteração  da Taxa Social Única (TSU), tendo também informado que foram ultrapassadas  as dificuldades que poderiam afetar a "solidez" da coligação governamental  PSD/CDS-PP. 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Economia

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
23:40
Pharol com prejuízoas de 14,2 M€ no 1º semestre de 2015
23:30
Crédito a clientes do Novo Banco recuou 1,2 mil M€ no 1º semestre
22:55
Ricardo Pereira emprestado pelo FC Porto ao Nice por duas épocas
22:51
Bétis contrata ex-Sporting Ricky Van Wolfswinkel
22:50
FC Porto pagou 10,5 M€ ao Twente por Jesús Corona
22:50
ONU confirma destruição do templo de Bel pelo "Estado Islâmico"
22:49
União da Madeira e Vitória de Guimarães empatam 0-0 na I Liga
22:49
Filipe Augusto e Aarón Ñíguez reforçam Sporting de Braga
22:48
Hernâni emprestado pelo FC Porto ao Olympiacos
22:48
Marselha oficializa chegada por empréstimo do chileno Mauricio Isla
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .