sicnot

Perfil

Economia

Reforço de ligações elétricas entre França e Espanha impulsiona exportações ibéricas

Espanha e França vão reforçar as ligações elétricas, o que irá permitir um aumento da capacidade de exportação da Península Ibérica para o resto da Europa.

Os três novos projetos, ou interligações, vão ser anunciados a meio desta semana, numa cimeira que se realiza em Madrid e na qual vai estar Portugal. (Arquivo)

Os três novos projetos, ou interligações, vão ser anunciados a meio desta semana, numa cimeira que se realiza em Madrid e na qual vai estar Portugal. (Arquivo)

© Fabian Bimmer / Reuters

Os três novos projetos, ou interligações, vão ser anunciados a meio desta semana, numa cimeira que se realiza em Madrid e na qual vai estar Portugal.

Pedro Passos Coelho junta-se a Mariano Raroy e a François Hollande, num encontro em que vai também marcar presença o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Os projetos incluem uma nova interligação por via marítima, no Golfo da Biscaia, e dois outros através dos Pirinéus.
  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.