sicnot

Perfil

Economia

Barclays registou prejuízos líquidos de 234 milhões de euros em 2014

O banco Barclays registou prejuízos liquídos de 174 milhões de libras (239 milhões de euros) em 2014, devido aos elevados custos associados ao alegado papel alegadamente fraudulento do banco britânico nos mercados de câmbios, foi hoje anunciado. 

O Barclays emprega atualmente 1464 pessoas em Portugal na área de retalho e conta com 147 agências bancárias.

O Barclays emprega atualmente 1464 pessoas em Portugal na área de retalho e conta com 147 agências bancárias.

Kirsty Wigglesworth

Em 2013, o Barclays tinha obtido resultados liquídos de 540 milhões de libras. 

Entretanto, o banco obteve resultados antes de impostos de 5.502 milhões de libras (7.554 milhões de euros), mais 12% do que no ano anterior, quando se tinham cifrado em 4.908 milhões de libras (6.738 milhões de euros).

Contudo, as receitas operacionais cairam em 2014, para 23.560 milhões de libras (32.347 milhões de euros), menos 5% do que no ano anterior. 

O presidente executivo do Barclays, Antony Jenkins, afirmou hoje que o banco é atualmente um "negócio mais forte" e "com melhores perspetivas" em relação à crise do crédito de 2008. 

"Apesar do nosso trabalho de transformar o banco não estar completo, o nosso rendimento em 2014 dá-nos confiança de que estamos no caminho certo", sublinhou Jenkins. 

Segundo o mesmo responsável, a área dse investimento registou um bom rendimento e a entidade conseguiu uma "significativa redução" de custos em 2014, assim como fortalecer o capital. 

Num comunicado enviado à Bolsa de Londres, o Barclays refere que criou provisões de 1.250 milhões de libras "para investigações em curso e defesa associados ao mercado de câmbios", incluindo 750 milhões de libras no último trimestre do ano. 

Em outubro último o Barclays tinha anunciado a constituição de uma provisão de 500 milhões de libras para eventuais custos e multas associadas ao escandâlo.  

A apresentação dos resultados do Barclays - que também esteve envolvido em 2012 no escandâlo de manipulação das taxas de juro 'Libor' e 'Euribor' entre 2005 e 2009 - quando reguladores de todo o mundo investigam as alegadas fraudes no mercado das taxas de câmbio em todo o mundo. 

  • DJ Avicii morre aos 28 anos

    Cultura

    Tim Bergling, conhecido por Avicii e um dos mais famosos DJ's do mundo, morreu aos 28 anos. A notícia foi avançada pelo site TMZ, que adianta que o DJ e produtor sueco foi encontrado morto esta sexta-feira em Muscat, em Omã, e os detalhes da morte ainda não são conhecidos.

    SIC

  • Avicii tinha deixado os palcos há 2 anos por motivos de saúde
    2:14
  • "Não andámos a tomar calmantes, nem a dar abracinhos"
    0:52

    Desporto

    Rui Vitória recusa atirar a toalha ao chão. O treinador do Benfica acredita que ainda muito pode acontecer e revela a motivação da equipa depois da derrota com o FC Porto na Luz, que levou à perda da liderança a quatro jornadas do fim.

  • Passageiros do voo da Southwest Airlines usaram as máscaras de oxigénio ao contrário

    Mundo

    Uma pessoa morreu e sete outras ficaram feridas esta terça-feira depois de um avião da Southwest Airlines ter aterrado de emergência no aeroporto de Filadélfia, nos Estados Unidos. Ao longo da semana várias pessoas ligadas à aviação fizeram comentários sobre a forma como os passageiros utilizaram as máscaras de oxigénio, como é o caso de Bobby Laurie, um ex-comissário de bordo.

    SIC

  • "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos"

    Cultura

    "Se não querem que vos baixem as calças, não se tornem modelos", esta foi apenas uma das declarações de Karl Lagerfeld sobre as denúncias de abuso sexual, que estão a marcar o mundo do cinema, da música e da moda. Numa entrevista, o diretor criativo da Chanel e da Fendi declarou mesmo que estava farto do #MeToo, o movimento usado para denunciar estes casos de abusos por todo o mundo.

    SIC

  • Portugal compromete-se a enviar profissionais de saúde para África
    2:39
  • EUA acusam Síria de tentar apagar provas de alegado ataque químico em Douma
    1:28
  • Já pode escolher uma morte amiga do ambiente

    Mundo

    Preocupa-se com o ambiente? Recicla? Prefere andar a pé ou partilhar transportes? Então saiba que a partir de agora a morte também pode ser amiga do ambiente. Desde caixões degradáveis de vime a cremação líquida, já é possível diminuir o impacto ambiental da morte.

    SIC

  • Mágico comove audiência do Britain's Got Talent com a história de cancro da mulher e da filha
    5:16