sicnot

Perfil

Economia

Venda de automóveis cresceu 30,7% nos dois primeiros meses do ano

A venda de automóveis em Portugal registou um crescimento de 30,7% nos dois primeiros meses de 2015, face a igual período do ano passado, num total de 30.895 unidades vendidas, indicou hoje a ACAP.

REUTERS

Tendo em conta apenas o mês de fevereiro, o mercado automóvel de ligeiros e pesados registou igualmente um crescimento, com mais 31,3% unidades comercializadas do que em igual mês de 2014 (16.703 veículos).

De acordo com os dados ainda provisórios divulgados pela ACAP - Associação Automóvel de Portugal, entre janeiro e fevereiro, e no que respeita aos ligeiros de passageiros, venderam-se 26.151 veículos, mais 32% do que no período homólogo de 2014 (mais 31% apenas em fevereiro, para 16.434).

O comportamento positivo estendeu-se aos veículos comerciais ligeiros, mercado no qual se comercializaram 4.080 unidades nos dois primeiros meses do ano, o que representa um aumento de 23,4% face a janeiro e fevereiro de 2014. 

Apenas em fevereiro, a subida foi de 7,1%, para 2.135 veículos. 

Quanto aos pesados de passageiros e mercadorias, deu-se um acréscimo de 25,8% entre janeiro e fevereiro, com 664 veículos vendidos. 

Tendo em conta apenas o mês de fevereiro, o aumento foi de 45,4%, para 269 unidades.

"Apesar do crescimento homólogo agora registado, o volume de vendas observado no mês de fevereiro continua a situar-se abaixo da média dos últimos quinze anos (-8,1%)", alerta a ACAP, no comunicado que foi hoje divulgado.


Lusa
  • Alianças do PS marcam discursos no Congresso do PS
    2:51
  • Souto de Moura feliz com distinção na Bienal de Arquitetura de Veneza
    1:10
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos. Depois de um curso intensivo de português durante três meses, os jovens vão iniciar o ano letivo em vários pontos do país.