sicnot

Perfil

Economia

Venda de automóveis cresceu 30,7% nos dois primeiros meses do ano

A venda de automóveis em Portugal registou um crescimento de 30,7% nos dois primeiros meses de 2015, face a igual período do ano passado, num total de 30.895 unidades vendidas, indicou hoje a ACAP.

REUTERS

Tendo em conta apenas o mês de fevereiro, o mercado automóvel de ligeiros e pesados registou igualmente um crescimento, com mais 31,3% unidades comercializadas do que em igual mês de 2014 (16.703 veículos).

De acordo com os dados ainda provisórios divulgados pela ACAP - Associação Automóvel de Portugal, entre janeiro e fevereiro, e no que respeita aos ligeiros de passageiros, venderam-se 26.151 veículos, mais 32% do que no período homólogo de 2014 (mais 31% apenas em fevereiro, para 16.434).

O comportamento positivo estendeu-se aos veículos comerciais ligeiros, mercado no qual se comercializaram 4.080 unidades nos dois primeiros meses do ano, o que representa um aumento de 23,4% face a janeiro e fevereiro de 2014. 

Apenas em fevereiro, a subida foi de 7,1%, para 2.135 veículos. 

Quanto aos pesados de passageiros e mercadorias, deu-se um acréscimo de 25,8% entre janeiro e fevereiro, com 664 veículos vendidos. 

Tendo em conta apenas o mês de fevereiro, o aumento foi de 45,4%, para 269 unidades.

"Apesar do crescimento homólogo agora registado, o volume de vendas observado no mês de fevereiro continua a situar-se abaixo da média dos últimos quinze anos (-8,1%)", alerta a ACAP, no comunicado que foi hoje divulgado.


Lusa
  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.