sicnot

Perfil

Economia

Governo recusa comentar fusão BPI/BCP mas diz que interesse de investimento é positivo

Governo recusa comentar fusão BPI/BCP mas diz que interesse de investimento é positivo

O ministro da Economia, Pires de Lima, recusa comentar a possível fusão entre o BPI e o BCP. Pires de Lima diz apenas que é positivo perceber que há interesse de investimento no país mas remete a avaliação do negócio para os acionistas. A fusão foi sugerida pela empresária angolana Isabel dos Santos, que garante tratar-se de um caminho melhor que a Operação Pública de Aquisição (OPA) lançada pelo Caixabank. Isabel dos Santos defende que a fusão permitirá criar o maior banco privado nacional.



  • Ministro da Economia não comenta OPA sobre o BPI por ser decisão privada
    0:46

    Economia

    O ministro da Economia não quis fazer grandes comentários à OPA sobre o BPI e à hipótese de fusão entre BPI e BCP. Pires de Lima disse apenas que é bom saber que há interesses de investimento em Portugal e que as decisões cabem aos acionistas. Palavras do ministro da Economia, esta manhã, na apresentação do livro "Mercator de Língua Portuguesa", uma obra de referência do marketing que tem agora prefácio escrito por Pires de Lima

  • Fusão BCP/BPI "é da responsabilidade dos acionistas"
    0:20

    Economia

    O ministro da Economia, António Pires de Lima, defende que o Estado e o Governo não devem ter posição sobre a eventual fusão entre o BCP e o BPI. Naquela que é a primeira reação do Executivo à proposta da empresária angolana Isabel dos Santos, Pires de Lima diz apenas que é uma decisão da responsabilidade dos acionistas.

  • Isabel dos Santos defende criação do maior banco privado em Portugal
    1:38

    Economia

    A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários já levantou a suspensão da negociação de ações do BCP e do BPI. A suspensão esteve em vigor até que fosse divulgada informação relevante ao mercado. A empresária angolana Isabel dos Santos já formalizou entretanto a proposta de fusão entre o BPI e o BCP. Numa carta enviada a Fernando Ulrich, Nuno Amado e ao Caixabank, a empresária defende que a criação do maior banco privado em Portugal, com posições em Angola, Moçambique e Polónia e ainda uma gestão portuguesa independente.

  • Pedido de registo da OPA do Caixabank ao BPI chegou à CMVM
    0:08

    Economia

    O pedido de registo da OPA do banco espanhol Caixabank ao BPI chegou esta quarta-feira à a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. Caso o regulador considere que a informação enviada pelo banco espanhol é suficiente, o BPI tem oito dias para se pronunciar sobre o negócio. O mesmo pedido que chegou à CMVM terá sido enviado à administração do banco, mas, esta tarde, à saída de uma conferência, em Lisboa, Fernando Ulrich recusou falar sobre o tema.

  • OPA sobre o BPI faz disparar ações do banco

    Economia

    A OPA (Oferta Pública de Aquisição) dos espanhóis do Caixabank sobre o BPI apanhou toda a gente de surpresa. O anúncio, feito durante a madrugada desta segunda-feira, levou à suspensão das ações do banco na bolsa de Lisboa, que depois dispararam.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..