sicnot

Perfil

Economia

Reembolso antecipado ao FMI pode significar poupanças de 700 M€ ao Estado

O reembolso antecipado de 14.000 milhões de euros ao FMI deve significar uma poupança de 700 milhões de euros aos cofres do Estado, avançou hoje a presidente da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP), Cristina Casalinho.

"As poupanças são significativas e no cúmulo podem ser na ordem dos 700 milhões para o montante total", de 14.000 milhões de euros, respondeu Cristina Casalinho aos jornalistas, no final da sua audição na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública. 

Já o reembolso previsto para este ano permitirá uma poupança "na ordem dos 100 milhões de euros", disse a presidente do IGCP.

Na semana passada, a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, disse que Portugal reembolsará em março 6.000 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI), dos 14.000 milhões previstos em dois anos e meio.

Cristina Casalinho adiantou esta manhã no parlamento que o Estado vai emitir mais 4.000 milhões de euros este ano do que inicialmente previsto e reduzir a 'almofada financeira' em 2.000 milhões de euros para reembolsar o FMI.

Na última atualização da estratégia de financiamento da dívida pública, de janeiro, o IGCP antecipou que as necessidades líquidas de financiamento do Estado sejam de 11,2 mil milhões de euros em 2015 e que a reserva financeira no final do ano seja de 10,2 mil milhões, prevendo-se ainda que sejam precisos 11 mil milhões de euros para financiar o Estado em 2016.



Lusa
  • Carro que atropelou adepto encontrado numa garagem na Amadora
    1:51

    Desporto

    O carro que atropelou o adepto da Fiorentina, junto ao Estádio da Luz, está nas mãos da Polícia Judiciária. O automóvel foi encontrado esta terça-feira por uma brigada da PSP na garagem de um casa da Amadora, que pertence a um elemento da claque dos No Name Boys.

  • Portugueses passam mais de oito horas por semana ao volante
    0:59

    País

    Os portugueses gastam, em média, oito horas em deslocações durante a semana. Um estudo do Observatório Europeu da Mobilidade, divulgado hoje, diz ainda que a grande maioria prefere o automóvel como meio de transporte. Entre os países europeus, Portugal é líder na utilização do carro para deslocação para o trabalho.

  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • PCP abre debate quizenal com assuntos laborais e sociais

    País

    Um dia depois da sessão solene do 25 de Abril, os deputados regressam hoje ao parlamento para mais um debate quinzenal com o primeiro-ministro, que será seguido por uma discussão sobre o Conselho Europeu extraordinário de sábado. Acompanhe aqui em direto às 15h00 e Minuto a Minuto.

  • Portugal subiu cinco lugares no Ranking da Liberdade de Imprensa
    1:42

    País

    Portugal está agora na 18 ª posição em 180 países no relatório deste ano dos Repórteres Sem Fronteiras. Esta associação revela que a imprensa portuguesa foi condenada 21 vezes por violação de liberdade de expressão e por difamação pelo Tribunal Europeu dos Direitos do Homem.