sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores de Lisboa e Setúbal manifestam-se hoje na capital

Trabalhadores dos distritos de Lisboa e de Setúbal vão manifestar-se hoje em Lisboa, no âmbito de uma jornada de luta da CGTP-IN, em defesa de melhores salários e emprego e contra a desregulação dos horários de trabalho. 

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

PAULO NOVAIS/ LUSA

A Jornada Nacional de Luta da Intersindical decorre de forma descentralizada, com manifestações e concentrações em todos os distritos do país sob o lema: Romper com a política de direita! Construir uma alternativa de Esquerda e Soberana! 

A central sindical convocou o dia de protesto com o objetivo de "prosseguir e intensificar a luta reivindicativa pelo aumento dos salários, pelo emprego e combate à precariedade, pelas 35 horas de trabalho e contra a desregulamentação dos horários".

A defesa da contratação coletiva, dos direitos laborais e sociais e da melhoria das condições de vida e de trabalho são outras das reivindicações que estão na base da jornada de luta.

Para a capital está marcada uma manifestação dos trabalhadores do distrito de Lisboa e do distrito de Setúbal.

Os manifestantes do distrito de Lisboa vão sair do Campo das Cebolas e os do distrito de Setúbal partem da Praça do Município, convergindo nas ruas da baixa lisboeta. 

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos iniciará esta manifestação na Praça do Município.

O desfile termina na Praça dos Restauradores, onde intervirão as dirigentes da Interjovem e da Comissão de Igualdade entre Mulheres e Homens e o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos.



Lusa
  • "O Governo elegeu o PSD e o CDS-PP como uma espécie de forças do mal"
    1:06

    País

    Pedro Passos Coelho diz que seja quem for o próximo líder do PSD, dificilmente o "radicalismo" do Governo vai permitir que exista diálogo. Depois de António Costa ter dito que a relação com o PSD vai melhorar com a futura liderança, foi a vez de Passos afirmar que foi o Governo que encarou sempre a oposição como uma "força do mal".

  • Morreu o jornalista Pedro Rolo Duarte

    País

    Morreu Pedro Rolo Duarte. O jornalista tinha 53 anos e não resistiu a um cancro. Pedro Rolo Duarte estava internado nos cuidados paliativos do Hospital da Luz, em Lisboa. Trabalhou em imprensa, na rádio e na televisão.

  • Panorama BBC revela e analisa documentos dos Paradise Papers
    2:22

    Mundo

    Depois dos Panama Papers chegaram os Paradise Papers, documentos revelados e analisados por dezenas de órgãos de imprensa mundial. Esta noite, na SIC Notícias, o Panorama BBC revela e analisa documentos relacionados com este processo.

    Hoje na SIC Notícias