sicnot

Perfil

Economia

Europa limita comissões pagas pelos comerciantes à banca na utilização de cartões

O Parlamento Europeu (PE) aprovou hoje, na sessão plenária de Estrasburgo, limites máximos às taxas de utilização de cartões de crédito e de débito em operações de pagamento.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Os tetos máximos ficam fixados em 0,2% do valor da transação a pagar pelos comerciantes aos bancos pela utilização de cartões de débito e 0,3% para os cartões de crédito. As novas regras deverão entrar em vigor dentro de seis meses.


Os parlamentares pretendem que esta harmonização ponha fim às discrepâncias existentes no espaço europeu nas taxas de intercâmbio ('interchange fees') atuais pagas pelos comerciantes aos bancos pela utilização de cartões de débito e de crédito (como Visa ou Mastercard). Esperam ainda que as poupanças obtidas pelos comerciantes, devido ao pagamento de taxas mais baixas, se repercutam nos consumidores.


Esta regulação, dizem, deverá ainda contribuir para um mercado integrado de pagamentos eletrónicos, sem distinções entre nacionais e transfronteiriços


O regulamento foi aprovado por 621 votos a favor, 26 contra e 29 abstenções.


Lusa

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • O que muda com a saída do Procedimento por Défice Excessivo?
    2:10
  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • Marcelo opta pelo silêncio sobre a eutanásia
    1:09

    Eutanásia

    Marcelo Rebelo de Sousa diz que só tomará uma posição sobre a eutanásia quando o diploma chegar a Belém. O chefe de Estado garante que vai ficar em silêncio, para não condicionar o debate e também "para ficar de mãos livres para decidir".