sicnot

Perfil

Economia

Juncker "impressionado" com iniciativa de Portugal, Espanha e França sobre energia

O presidente da Comissão Europeia afirmou-se hoje "impressionado" com a iniciativa dos governos português, espanhol e francês no sentido de garantir um reforço das interligações de eletricidade, para por fim ao isolamento da Península Ibérica em termos energéticos.

Reuters

Num debate no Parlamento Europeu, em Estrasburgo, sobre a próxima cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia (a 19 e 20 de março), cuja agenda será dedicada, entre outros temas, à criação da "União da Energia", Jean-Claude Juncker apontou a cimeira realizada na semana passada em Madrid, na qual participou, como um bom exemplo de uma ação concreta para por termo a "elementos irracionais" no atual panorama energético da UE.

"No Conselho Europeu de 2002 em Barcelona, ao qual assisti como primeiro-ministro do meu país [Luxemburgo], acordámos um objetivo de interligações de 10%. Estamos longe [desse objetivo], mas, com as decisões que tomámos em Madrid, aproximar-nos-emos desse objetivo", disse, observando que, atualmente, a Península Ibérica é, de facto, "uma verdadeira ilha em termos de aprovisionamento energético".

Na reunião de Madrid celebrada a 04 de março, o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, o chefe de governo espanhol, Mariano Rajoy, e o presidente francês, François Hollande, assinaram uma declaração conjunta na qual se comprometem a trabalhar em conjunto para que a Península Ibérica deixe de ser uma "ilha do ponto de vista energético", com um mecanismo de monitorização que assegure o cumprimento da meta de 10% até 2020.

"Estou impressionado pelo facto de os três governos envolvidos terem estabelecido um grupo de trabalho que seguirá a aplicação das medidas que tomámos em Madrid. Se o tivéssemos feito em 2002, não teríamos que o fazer agora. Trata-se de agir de forma concreta. Foi o que fizemos em Madrid, há uma semana, e é o que devemos fazer para por termo a elementos irracionais na nossa paisagem energética", declarou Juncker perante os eurodeputados
  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.