sicnot

Perfil

Economia

Lucro da Sonae subiu 11,2% em 2014

O lucro atribuível ao grupo Sonae, excluindo os efeitos da fusão Zon-Optimus e imparidades no terceiro trimestre de 2013, cresceu 11,2% em 2014, face ao ano anterior, para 144 milhões de euros, anunciou hoje a empresa.

ARMANDO FRANCA

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae esclarece que o resultado líquido beneficiou "com o desempenho positivo ao nível do resultado direto", o qual aumentou 4,4% para 127 milhões de euros.

O resultado direto "foi essencialmente impulsionado pelo crescimento operacional e pela melhoria da atividade financeira líquida, que mais do que compensaram a diminuição dos resultados consolidados pelo método de equivalência patrimonial", adianta.

Em igual período, o volume de negócios cresceu 3,2%, para 4.974 milhões de euros, que resultou do facto de a Sonae ter registado "ganhos de quota de mercado na generalidade das suas áreas de negócio" e de ter reforçado "a sua aposta na internacionalização".

O retalho alimentar, o volume de negócios da Soane MC ascendeu a 3.461 milhões de euros, mais 1,3% do que em 2013.

No retalho especializado, o volume de negócios da Sonae SR subiu 6,6% para 1.290 milhões de euros face a 2013, o que corresponde a um aumento de 6,1% da faturação em Portugal e 7,8% a nível internacional.

O 'underliyng' resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) subiu 0,6% para 380 milhões de euros, "apesar do intenso ambiente competitivo no mercado português de retalho alimentar, e o EBITDA totalizou 417 milhões de euros".

Este resultado "foi suportado principalmente pela melhoria da rentabilidade do retalho especializado e da gestão de investimentos".

Lusa
  • Polícia procura condutor da carrinha e outros dois suspeitos
    1:08
  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38