sicnot

Perfil

Economia

Lucro da Sonae subiu 11,2% em 2014

O lucro atribuível ao grupo Sonae, excluindo os efeitos da fusão Zon-Optimus e imparidades no terceiro trimestre de 2013, cresceu 11,2% em 2014, face ao ano anterior, para 144 milhões de euros, anunciou hoje a empresa.

ARMANDO FRANCA

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sonae esclarece que o resultado líquido beneficiou "com o desempenho positivo ao nível do resultado direto", o qual aumentou 4,4% para 127 milhões de euros.

O resultado direto "foi essencialmente impulsionado pelo crescimento operacional e pela melhoria da atividade financeira líquida, que mais do que compensaram a diminuição dos resultados consolidados pelo método de equivalência patrimonial", adianta.

Em igual período, o volume de negócios cresceu 3,2%, para 4.974 milhões de euros, que resultou do facto de a Sonae ter registado "ganhos de quota de mercado na generalidade das suas áreas de negócio" e de ter reforçado "a sua aposta na internacionalização".

O retalho alimentar, o volume de negócios da Soane MC ascendeu a 3.461 milhões de euros, mais 1,3% do que em 2013.

No retalho especializado, o volume de negócios da Sonae SR subiu 6,6% para 1.290 milhões de euros face a 2013, o que corresponde a um aumento de 6,1% da faturação em Portugal e 7,8% a nível internacional.

O 'underliyng' resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) subiu 0,6% para 380 milhões de euros, "apesar do intenso ambiente competitivo no mercado português de retalho alimentar, e o EBITDA totalizou 417 milhões de euros".

Este resultado "foi suportado principalmente pela melhoria da rentabilidade do retalho especializado e da gestão de investimentos".

Lusa
  • Portugal supera média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura

    País

    Pela primeira vez, Portugal conseguiu resultados "significativamente superiores" à média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura. É o Instituto de Avaliação Educativa que o garante, segundo os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico hoje divulgados.

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.