sicnot

Perfil

Economia

Metro de Lisboa abre hoje apenas às 10:00 devido a greve parcial

As estações do Metropolitano de Lisboa abrem hoje apenas às 10:00, devido a uma greve parcial dos trabalhadores, que decorre esta manhã, para contestar as condições de trabalho, informou a empresa.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

A greve parcial dos trabalhadores decorre entre as 06:30, hora normal de abertura dasestações, e as 09:30, devendo a abertura das estações e a circulação das composições acontecer a partir das 10:00, divulgou a empresa, em comunicado.

A paralisação, convocada por diversos sindicatos, é a primeira desta semana, já que se realizará outra greve parcial na quarta-feira.

Os trabalhadores do metro já realizaram uma greve nestes moldes a 23 de fevereiro e adiaram para hoje e quarta-feira uma outra que esteve marcada para 26 do mês passado.

Na altura, a greve convocada devido "às péssimas condições de trabalho que estão a ser impostas aos trabalhadores, sobretudo na área operacional", foi então adiada "em sinal de boa-fé devido à realização de uma reunião com a empresa marcada para dia 06 de março, com vontade de resolver as questões", disse então Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

No entanto, no dia 06 de março, a reunião não chegou a realizar-se "porque os sindicatos decidiram avançar com dois pré-avisos de greve, para os próximos dias 16 e 18 de março", informou a empresa.

Segundo o sindicato, entre as razões para a greve estão "a falta de diálogo, quer por parte da empresa quer do Governo, para resolver os problemas concretos de trabalho da maior parte das categorias profissionais, a redução cada vez mais acentuada do número de trabalhadores" e "a defesa da empresa enquanto empresa pública".

Devido à greve, a Carris vai reforçar o número de autocarros nos trajetos servidos pelas carreiras 726 (Sapadores-Pontinha), 736 (Cais do Sodré-Odivelas), 744 (Marquês de Pombal-Moscavide) e 746 (Marquês de Pombal-Estação da Damaia), que coincidem com eixos servidos pelo Metro, acrescentou o Metropolitano, em comunicado.


Lusa
  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.