sicnot

Perfil

Economia

Subir Lall acredita em consenso político para avanço de reformas

Exclusivo SIC

Subir Lall acredita em consenso político para avanço de reformas

O chefe de missão do FMI está otimista quanto ao consenso necessário para relançar as reformas estruturais. Apesar do apelo surgir num ano de eleições, Subir Lall lembra que o processo de reformas é longo e transcende ciclos políticos, pelo que exigirá um acordo entre os principais partidos políticos. Uma entrevista exclusiva para ver hoje às 21:30 na SIC Notícias.

  • Portugal deve aproveitar o momento para resolver problemas estruturais, diz chefe do FMI
    1:29

    Economia

    O chefe da missão do FMI considera que Portugal está no bom caminho e defende que o actual ambiente externo, de baixa do petróleo e do euro não deve ser desperdiçado. Em entrevista exclusiva à SIC, Subir Lall avisa que o Governo deve aproveitar o momento para resolver os problemas estruturais da economia, que ainda persistem, relançando a agenda de reformas. Uma entrevista para ver hoje às 21:30 na SIC Notícias.

  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.