sicnot

Perfil

Economia

António Costa em Bruxelas com "Plano Juncker" e união energética na agenda

O secretário-geral do PS, António Costa, participa na quinta-feira, em Bruxelas, na reunião de líderes do PSE preparatória do Conselho Europeu, tendo na agenda os temas do plano de investimento europeu e da união energética.

António Costa e o secretário-geral dos socialistas espanhóis, Pedro Sanchez, de acordo com fonte do PS, serão os dois únicos líderes que participarão na reunião preparatória que não fazem parte do Governo do respetivo de Estado-membro, nem desempenham qualquer cargo numa das instituições da União Europeia.

António Costa e o secretário-geral dos socialistas espanhóis, Pedro Sanchez, de acordo com fonte do PS, serão os dois únicos líderes que participarão na reunião preparatória que não fazem parte do Governo do respetivo de Estado-membro, nem desempenham qualquer cargo numa das instituições da União Europeia.

Lusa

António Costa e o secretário-geral dos socialistas espanhóis, Pedro Sanchez, de acordo com fonte do PS, serão os dois únicos líderes que participarão na reunião preparatória que não fazem parte do Governo do respetivo de Estado-membro, nem desempenham qualquer cargo numa das instituições da União Europeia.

"Com a abertura da reunião a António Costa e Pedro Sanchez, o PSE pretende sinalizar a importância que atribui a uma mudança política, este ano, nos dois países da Península Ibérica", adiantou a mesma fonte socialista.

Na reunião, entre outros, estarão presentes o chefe de Estado francês, François Hollande, os primeiros-ministros da Áustria, Croácia, Dinamarca, Malta, República Checa e Suécia, os comissários socialistas que fazem parte do executivo comunitário liderado por Jean-Claude Juncker, o vice-chanceler germânico, Sigmar Gabriel, e o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz. 

Além do tema da união energética, os líderes socialistas vão procurar chegar ao Conselho Europeu com uma posição concertada sobre a estratégica de crescimento e emprego na União Europeia.

Nas últimas semanas, em sucessivas intervenções políticas, a direção do PS tem procurado salientar a importância de Portugal aproveitar em pleno o chamado 'Plano Juncker", acreditando que essa será uma das vias para o país ter a prazo uma maior capacidade de investimento capaz de impulsionar o crescimento económico.

Em análise estarão também a questão da parceria transatlântica de comércio (acordo comercial entre a União Europeia e os Estados Unidos), a cimeira de Riga e o conflito entre a Rússia e a Ucrânia.

À margem desta reunião, segundo o PS, António Costa terá ainda em Bruxelas duas reuniões bilaterais com o líder dos socialistas espanhóis, Pedro Sanchez, e com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.
  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Portugueses usam Facebook para marcar protestos contra incêndios

    País

    Os incêndios que têm acontecido este ano estão a causar revolta entre a população. Por essa razão, estão marcadas, através da rede social Facebook, várias manifestações para os próximos dias um pouco por todo o país. Os portugueses exigem a melhoria do sistema, para que as tragédias deste ano não se voltem a repetir.

  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • "Quem está no Governo tem sérias responsabilidades"
    1:07

    Opinião

    Pacheco Pereira aponta falhas do Estado, dos bombeiros e da Proteção Civil como causa dos incêndios que assolaram o país no passado domingo. O comentador da SIC considera que o Governo tem responsabilidade perante o que aconteceu.

  • Presidente das Indústrias de Madeira diz que fogos estão a afetar o setor
    0:39

    País

    A Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário desvaloriza que os industriais do setor possam comprar madeira mais barata, em resultado dos incêndios florestais. Em entrevista na SIC Notícias, o presidente da associação, Vítor Poças, considera que os fogos estão a prejudicar gravemente a indústria.