sicnot

Perfil

Economia

Bastonário dos TOC acredita que Brigas Afonso sabia da lista VIP

Bastonário dos TOC acredita que Brigas Afonso sabia da lista VIP

O bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas (TOC) não tem dúvidas de que a demissão de António Brigas Afonso está relacionada com a lista VIP de contribuintes. Domingues de Azevedo acredita que o director-geral da Autoridade Tributária sabia de tudo.

  • Governo voltou a negar existência de uma lista de contribuintes VIP
    2:12

    Economia

    O director-geral da Autoridade Tributária demitiu-se esta manhã. António Brigas Afonso abandona o cargo no pico da polémica sobre a lista de contribuintes VIP, dois dias depois do Ministério das Finanças ter mandado abrir um inquérito ao caso. O Governo sempre negou a existência desta lista e o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais voltou, esta manhã, a não assumir a sua existência.

  • Chefe de serviços confirma "pacote VIP" de contribuintes
    2:02

    Economia

    A Visão teve acesso a gravações, de uma ação de formação do Fisco, onde se fala num "pacote VIP". A revista, que será publicada amanhã, transcreve o registo de áudio de várias conversas, onde é referida a existência desses contribuintes VIP. E sabe-se também que, alegadamente, houve acesso aos dados do Presidente da República, por parte de uma funcionária que quis saber quanto ganha Cavaco Silva.

  • Diretor demissionário do fisco nega lista VIP

    Economia

    O diretor-geral da Autoridade Tributária (AT) reafirma que não existe uma lista VIP de contribuintes e justifica a demissão por não ter informado a tutela sobre procedimentos internos que podem ter criado a perceção de que essa lista existia. 

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.